Uma família de esquilos-cinzentos no Wisconsin, nos Estados Unidos, ficou unida demais no último final de semana, depois que cinco esquilos jovens enroscaram seus rabos uns com os outros. O esquilos já estão bem, nós PROMETEMOS, então não se sinta mal de olhar para eles.

• Quase extinta, ararinha-azul, do filme Rio, deverá ser reintroduzida na natureza brasileira em 2019
• As melhores fotos do Comedy Wildlife Photography Awards 2018

Como informa o Guardian, a mãe desses esquilos provavelmente usou plástico e gramas longas para construir seu ninho, o que parece ter levado ao infeliz enroscamento que a Sociedade Humanitária do Wisconsin descreveu como um “nó górdio” em sua página no Facebook.

Veterinários da sociedade humanitária anestesiou os cinco esquilos para que eles pudessem trabalhar na separação dos bichos sem serem arranhados ou mordidos. Foram necessários 20 minutos para libertar os esquilos depois de soltar o plástico e a grama e depilar os rabos dos animais.

Foto: Wisconsin Humane Society

“Se eles tivessem sido deixados sozinhos, teriam morrido”, disse Angela Speed, vice-presidente de comunicação da Sociedade Humanitária do Wisconsin.

A principal preocupação com esquilos tão jovens quanto esses era de que o fluxo sanguíneo pudesse ter sido cortado de suas caudas por tempo suficiente para que o tecido morresse, o que poderia facilmente ter levado a uma infecção. Mas esse não foi o caso, e Speed disse que eles estão se recuperando bem.

Por mais estranho que isso soe, situações de nós entre esquilos como essa parecem acontecer com bastante frequência. “(Um dos nossos voluntários) Já viu isso antes, mas nunca tínhamos visto cinco cinco emaranhados assim”, afirmou Speed.

Nós inclusive escrevemos sobre uma situação parecida no Nebraska no ano passado, embora tenha envolvido esquilos-raposas, e não esquilos-cinzentos. É bastante comum que fibras plásticas se enrolem em torno de animais, levando a necrose e, às vezes, à amputação de um dedo do pé ou do pé inteiro em animais como pombos.

Foto: Wisconsin Humane Society

Mas esse rei dos esquilos é bem diferente do “rei dos ratos” que pode vir à sua mente quando você ouve falar de roedores presos pela cauda. Acredita-se que reis dos ratos aconteçam quando ratos negros se enxameam, enlaçando suas caudas sem pelos em um nó de verdade. Esse tópico está cercado de mitos, embora o Mental Floss tenha feito um bom trabalho para tentar explicar essa história.

Se você precisar de uma imagem fofa de tira gosto depois das imagens acima, aprecie essa foto de um dos cinco esquilos resgatados fazendo coisas normais de esquilo enquanto é monitorado em um invólucro antes de ele e seus irmãos serem soltos na natureza.

Esquilo fazendo coisas de esquilo. Foto: Wisconsin Humane Society

[The Guardian]

Imagem do topo: Wisconsin Humane Society