Após uma alta meteórica que chegou a quase US$ 20 mil por uma moeda, o Bitcoin, a mais antiga e mais valiosa criptomoeda, caiu para um valor menor de US$ 10 mil nas casas de câmbio Coinbase e Bittrex na noite desta terça-feira (16). Esta é a primeira vez desde dezembro que a moeda atingiu este valor. Já na manhã desta quarta-feira (17), o valor já voltou a oscilar entre US$ 10 mil e US$ 10,5 mil.

Durante o fim de tarde desta terça-feira, a casa de câmbio Bittrex registrou um valor de US$ 9.450 por bitcoin, enquanto a Coinbase mostrava um valor de US$ 9.969,01 por volta das 17:33.

Site te ajuda a pular do barco antes da bolha do Bitcoin estourar
Homem que jogou fora 7.500 bitcoins agora vai mergulhar em aterro sanitário para achar a fortuna
Fundos de investimento no Brasil não podem mais comprar bitcoins

Quase toda criptomoeda está em baixa, a maioria por por duas casas decimais, de acordo com o Coin Market Cap. A justificativa para queda tem relação com o medo de regulação na Alemanha, leis mais restritas na Coreia do Sul, uma maior vigilância do governo chinês e um maior envolvimento da SEC, a Comissão de Títulos e Câmbio dos Estados Unidos.

O pessoal da comunidade r/CryptoCurrency, no Reddit, está direcionando os membros dos Estados Unidos para uma linha direta para prevenção de suicídio, dado o pânico da queda.

Além de todas as questões relacionadas a governos, pesquisadores também descobriram no início do mês que a alta do bitcoin para o valor de US$ 850, durante os tempos do Mt. Gox (a maior casa de câmbio de criptomoeda e que foi fechada após ser hackeada), foi provavelmente causada por apenas um indivíduo.

Com um monte de investidores entrando neste campo, as mudanças de valor da moeda passaram por momentos drásticos — e estes investidores milionários provavelmente nem serão tão atingidos por essa oscilação.