Quando a Lenovo deu um teaser do seu computador dobrável em maio de 2019, a empresa claramente sabia que ele precisava de melhorias — mesmo que o dispositivo prometesse bastante. Passados seis meses, durante a CES 2020, a fabricante agora está pronta para estrear o primeiro computador dobrável. E ele é bem esperto.

Ah, mas todos os laptops já não são dobráveis de alguma forma? Sim, mas não como este da Lenovo. Com uma tela da OLED plástica flexível da LG de 13,3 polegadas, o ThinkPad X1 Fold é o primeiro do tipo. Sem um teclado embutido ou touchpad no chassi, isso é mais parecido com um tablet do que o formato convencional de um laptop. É quase como se a Lenovo desconstruísse a essência de um laptop e depois a reinventasse com o X1 Fold.

Para tirar o máximo proveito da tela do X1 Fold, você vai querer usá-lo no modo paisagem, apoiado no suporte dobrável embutido ou enquanto descansa no suporte dobrável de US$ 24 da Lenovo — ele foi projetado para manter todas as portas acessíveis no modo paisagem. A partir daí, você pode simplesmente pegar o teclado Bluetooth que vem junto, transformando o X1 Fold em uma espécie de all-in-one portátil.

Mas quando você quer algo um pouco mais compacto, você pode girar o X1 Fold, dobrá-lo ao meio e, de repente, você tem um laptop super portátil que pode alternar entre o teclado na tela do Windows 10 ou o teclado magnético que se conecta por Bluetooth ao ser colocado sobre a metade inferior do display.

E independente do modo em que está, o X1 Fold também oferece suporte à caneta e à integração do Windows Inking, o que poderia facilitar um esboço de desenho improvisado ou uma anotação rápida em um PDF. A unidade de pré-produção que testamos não tinha uma caneta funcional, mas a produtora criativa do Gizmodo US, Therese McPherson, achou muito agradável desenhar na POLED em comparação com a tela tradicional feita de vidro que outros tablets geralmente têm.

Mas talvez a coisa mais interessante que a Lenovo criou para o X1 Fold é o app Mode Switcher, que foi pensado para melhorar ações multitarefas, já que o Windows 10 Pro (que é o sistema pré-instalado) não é preparado para acomodar laptops com telas dobráveis dinâmicas. Mais adiante, a Lenovo diz que atualizará o X1 Fold para funcionar com o Windows 10x, o sistema operacional inédito que a Microsoft criou para tablets dobráveis. Só não se sabe quando isso acontecerá, já que a Microsoft não disse quando o 10x estará pronto.

App Mode Switcher, do X1 Fold, permite alternar entre os diferentes modos do computadorApp Mode Switcher, do X1 Fold, permite alternar entre os diferentes modos do computador. Crédito: Sam Rutherford/Gizmodo

Enquanto isso, para aliviar as preocupações de durabilidade do X1 Fold, a Lenovo afirma que este sistema passou pela mesma bateria de testes militares 810g que todos os outros membros da família ThinkPad precisam passar, incluindo os testes de queda habituais. Portanto, deve ser mais durável do que você poderia imaginar.

Além disso, a Lenovo diz que a tela do X1 Fold é composta por seis camadas diferentes, o que confere maior rigidez. Portanto, apesar de a parte frontal da tela ainda ser plástica, a Lenovo afirma ter uma dureza 6H, que deve resistir a arranhões de coisas como sua caneta, unhas e outros riscos do dia a dia.

De fato, se você observar atentamente o X1 Fold, perceberá muitos recursos de design destinados a ajudar a manter a tela flexível em perfeitas condições.

Em vez de molduras de plástico ou metal normais, ele apresenta uma borda de silicone que corre ao longo da borda da tela, o que permite que a tela se dobre sem criar lacunas nas quais poeira ou sujeira possam entrar facilmente.

E na parte de trás, a capa de couro foi projetada para deslizar para frente e para trás, dependendo do tamanho da tela dobrada, como a sobrecapa de um livro de capa dura.

Quando fechado, há um pequeno espaço entre as dobras do X1 para impedir que a tela enrugueQuando fechado, há um pequeno espaço entre as dobras do X1 para impedir que a tela enrugue. Crédito: Sam Rutherford/Gizmodo

Quando o X1 Fold é fechado e visto de lado, a Lenovo intencionalmente deixou um pequeno espaço para impedir que a tela do dispositivo desenvolva um vinco, como aquele que você vê no Galaxy Fold da Samsung. Mas então, em uma esperteza de design da Lenovo, a empresa projetou o teclado do X1 Fold para se encaixar perfeitamente neste espaço, o que não apenas torna tudo super fácil de transportar, mas também permite que a bateria do acessório se mantenha carregada quando ele não estiver em uso.

E, embora a Lenovo não confirme qual CPU o X1 Fold terá, suspeitamos que ele contenha um dos novos chips Lakefield de 10 nm da 10ª geração da Intel, que deve oferecer uma grande economia de energia quando o sistema estiver em modo de espera, sem sacrificar muito o desempenho final.

Combinado com até 8 GB de RAM, um SSD de 1 TB e um modem 5G opcional, o X1 Fold tem configurações dignas de laptops tradicionais da marca. A Lenovo diz que ele foi feito para oferecer uma experiência completa de laptop ultraportátil, e as especificações certamente parecem confirmar isso.

No entanto, mesmo com o design ambicioso e as especificações promissoras, ainda existem várias arestas a serem aparadas. A fabricante afirma que a duração de bateria será de até 11 horas com uma carga, o que pode ser bom. No entanto, as estimativas de duração de bateria da Lenovo são sempre um pouco generosas demais.

Um problema mais grave é o touchpad em seu teclado magnético, que é muito pequeno — embora isso possa não ser uma grande questão quando toda a tela é sensível ao toque. E as dimensões listadas dizem que o laptop tem 2,8 cm de espessura quando totalmente fechado, o que não dá para chamar de fino. Ah, e nós mencionamos que o ThinkPad X1 Fold será vendido por US$ 2.500 (pouco mais de R$ 10.000, em conversão direta) quando começar a ser vendido no meio de 2020?

Apesar de ser um pouco mais espesso que o normal, há algo de natural ao carregar o X1 Fold por aí. Talvez suas dimensões somadas à capa de couro ajudem nesse sentidoApesar de ser um pouco mais espesso que o normal, há algo de natural ao carregar o X1 Fold por aí. Talvez suas dimensões somadas à capa de couro ajudem nesse sentido. Crédito: Sam Rutherford/Gizmodo

Sendo bem sincero, quando você considera que o X1 Fold é literalmente diferente de todos os outros laptops do mercado, esse preço não é realmente tão escandaloso. Após o teaser com um aparelho conceitual há alguns meses, a Lenovo transformou um laptop feito com uma tela OLED flexível em algo real que você poderá comprar em breve.

E isso é realmente a coisa mais importante, porque, embora a empresa diga que tem compradores como hospitais, departamentos de vendas e empresas de manufatura interessados no produto, é difícil descobrir o verdadeiro potencial dessa coisa até que tenhamos a chance de usá-lo em situações cotidianas.