O Chrome está na onda dos bloqueios: depois de anunciar que irá restringir alguns tipos de publicidade em vídeo, o navegador do Google decidiu impor outras restrições. Desta vez, tem a ver com cibersegurança: downloads inseguros serão impedidos.

Em uma publicação no blog de segurança do Google, Joe DeBlasio, do time do browser, disse que páginas HTTPS só irão baixar arquivos seguros. A partir da versão 82 do navegador, que será lançada em abril, os usuários irão ver alertas sobre arquivos executáveis e de outras extensões.



“Arquivos baixados de forma insegura são um risco para a segurança e privacidade do usuário. Por exemplo, programas baixados de forma insegura podem ser trocados por malwares pelas pessoas maliciosas”, explica DeBlasio.

O post explica ainda que os desenvolvedores que não quiserem que seus arquivos sejam bloqueados devem garantir que todo o processo é seguro – ou seja, tanto a página quanto o arquivo precisa estar sob o protocolo HTTPS.

A expectativa é que em versões posteriores a restrição seja ainda mais ampla. Esse alerta de download inseguro também irá aparecer no iOS e no Android, mas devem chegar um pouco depois. Quando o Chrome chegar na versão 86, estimada para ser lançada em outubro, todos os downloads de conteúdos mistos devem ser impedidos.

[The Verge, Google Blog]