O recurso Wi-Fi Assist fez mais uma vítima. Pelo menos é o que diz o americano Ashton Feingold, que recebeu uma conta astronômica de telefone.

>>> Wall Street Journal diz que a Apple mandou reduzir a produção do iPhones
>>> Tudo que a Apple lançou em 2015 foi meio problemático

Os gastos mensais do adolescente ficam na casa dos US$ 200, porém, a funcionalidade — que troca automaticamente a conexão à internet Wi-Fi para a móvel, quando o sinal é ruim — fez com que o valor fosse para pouco mais de US$ 2.000.

Enquanto estava em seu quarto, Ashton pensava que estava conectado ao Wi-Fi enquanto via vídeos e acessava sites. No entanto, toda sua atividade estava sugando seu plano de dados. Sendo preciso, foram mais de 144.000 megabytes, segundo a CBS Miami.

O garoto disse que tinha recebido uma mensagem da operadora AT&T notificando-o que “talvez, 65% dos seus dados já foram utilizados”. O fato que é ele ignorou a notificação e, logo, chegou a conta de US$ 2.021,07 (cerca de R$ 8.000). “Pensei que meu pai fosse me matar”, disse Ashton Feighold à rede CBS Miami.

Pelo jeito, o garoto não vai ter arrego. O pai dele deve engolir à seco a conta de mais de US$ 2.000. Porém, quem ficou de vilã na história foi a Apple. A partir do iOS 9, a opção Wi-Fi Assist (ou Assistência Wi-Fi) é ativada por padrão. Procurada pela reportagem da CBS Miami, a Apple não comentou o fato.

Em setembro de 2015, quando a Apple liberou o iOS 9, a gente previu que ocorreriam casos como esse. O problema é que não ficou claro que essa função seria padrão nos iPhones assim que fossem atualizados.

Sobre o problema, Chris Mills, do Gizmodo US, escreveu na época:

Venho usando a Assistência Wi-Fi há alguns meses no meu iPhone. Mesmo sabendo que ele estaria ativo quando o ícone do Wi-Fi estivesse cinza, eu não cheguei a notá-lo em ação. Mas isso tem causado um efeito no uso dos meus dados celulares: desde que baixei o iOS 9, eu usei cerca de um terço a mais dos meus dados (4 GB, em vez de 3 GB mensais que costumo usar).

É bem provável que esse uso extra esteja diretamente relacionado à Assistência Wi-Fi. No iPhone 6S que uso há três dias, já consumi 950 MB de dados; metade disso foi gasto com Netflix, que eu sempre tenho a certeza de não usar quando estou na rua. Inclusive, a única vez que eu o usei nos últimos foi em casa, quando eu pensei estar numa conexão Wi-Fi.

A polêmica em torno do recurso fez, inclusive, com que alguns donos de dispositivos Apple entrassem com uma ação contra a empresa em San Jose, na Califórnia. A companhia é acusada de não ter avisado apropriadamente os usuários sobre a função e suas consequências.

Não existe muito segredo para desativar o Wi-Fi Assist (ou Assistência Wi-Fi). Vá até Ajustes -> Celular, deslize até o final da tela para encontrar a Assistência Wi-Fi e desligue-a. Também é possível fazer isso procurando ‘Assistência Wi-Fi’ dentro do app Ajustes.

[Cnet e CBS Miami]

Foto do topo: CBS Miami/Reprodução.