Posso contar nos dedos de uma só mão o número de vezes que vi a Ursa Menor — o apagão nos EUA de 2003, uma viagem em família para o Grand Canyon, uma viagem de acampamento e um passeio de observação de estrelas por Wisconsin que foi interrompido pelo frio. Não lembro de algum dia ter visto a faixa brilhante da Via Láctea. Ser criado nos subúrbios de Nova York significa não ter muitas estrelas visíveis no céu à noite.

Então, dá para você imaginar que este novo vídeo da SKYGLOW me tocou pessoalmente. Não é uma imagem real — são filmagens de Nova York com as estrelas de locais como o Grand Canyon e o Vale da Morte, no Atacama, sobrepostas.

Temos acompanhado o trabalho do pessoal do SKYGLOW há algum tempo, conforme eles filmam timelapses do céu em pontos de referência como o Grand Canyon e Carhenge. O projeto SKYGLOW busca conscientizar sobre a poluição luminosa e o desaparecimento de céus noturnos. Anteriormente, eles fizeram um vídeo parecido de Los Angeles.

De 15 a 21 de abril, acontece a Dark Sky Week, da Dark Sky Association, mas dá para dizer que a cidade de Nova York não planeja desligar suas luzes para honrar a semana. Exceto por blecautes, Nova York provavelmente nunca será assim. Os pontos de céu escuro mais próximos estão todos a horas de viagem de carro de distância, então celebrar esse aspecto pode exigir umas férias.

Assistir a esse vídeo me faz querer mudar de cidade.

[Vimeo]

Imagem do topo: SKYGLOW