Para aqueles de vocês que não quiseram acordar às 5h30 da manhã (horário de Brasília) para sentir o gosto da insanidade que foi o lançamento do Mega, preparado por Kim Dotcom, boa notícia: ele está no YouTube e é totalmente bizarro.

Começa com uma apresentação de banda neozelandesa, vai para um pequeno show constrangedor onde atores ensinam ao público o que é internet, e então chega Dotcom, no palco montado em sua mansão.

Ele diz que a intenção não é provocar nenhuma autoridade ao lançar o Mega: “isto se trata do nosso direito de inovar e começar um novo negócio”. E sua equipe jurídica garante: o Mega respeita as leis. Claro, como notamos em nosso hands-on, caso haja pirataria sendo compartilhada pelo serviço, a culpa recai no usuário, não no Mega.

Ele também acusa governos e empresas de usarem processos judiciais para reduzir a liberdade na internet, relembrando o caso do MegaUpload. Depois de falar sobre privacidade, a mansão de Dotcom é invadida por policiais e sobrevoada por um helicóptero, com explosões e faíscas… mas tudo faz parte do show. Dotcom segue com seus discursos grandiosos na sessão de perguntas e respostas.

Este é um evento de 1h30 que intercala apresentações inusitadas, música techno e grandes promessas, tudo para fazer propaganda não só do Mega, como de Dotcom: ele quer se projetar como uma espécie de “herói do povo” altruísta ou algo assim. E é bizarro notar que já tem gente que o vê dessa forma.

Os vídeos do evento estão na playlist abaixo, e também no link a seguir: [YouTube]