Não é segredo para ninguém que a Apple está desenvolvendo um carro elétrico. A Hyundai andou deixando escapar algumas informações sobre a parceria, e uma nova reportagem sugere que os executivos da montadora coreana estão hesitantes para fechar um acordo.

De acordo com a Reuters, a questão central para alguns chefões é que a Apple seria responsável pelo design e marketing enquanto a Hyundai se tornaria uma fabricante contratada — essencialmente precisando fazer o trabalho sujo de realmente construir o carro, sem ficar com as glórias.

Um executivo não identificado da Hyundai disse à Reuters: “Estamos angustiados sobre como fazer isso, não sabemos se será bom ou não. Não somos uma empresa que fabrica automóveis para terceiros. Nem sempre trabalhar com a Apple traz grandes resultados.”

Se a Hyundai concordasse com uma parceria com a Apple, a montadora coreana desempenharia um papel semelhante ao da Foxconn na produção do iPhone, sem grande visibilidade.

“Empresas de tecnologia como Google e Apple querem que sejamos como a Foxconn [fabricante contratada de telefones]”, disse outro executivo anônimo da Hyundai à Reuters. “Uma cooperação pode inicialmente ajudar a elevar a imagem da marca Hyundai ou Kia. Mas, a médio ou longo prazo, forneceremos apenas as carcaças para os carros, e a Apple cuidaria dos projetos.”

Mas fabricar um carro é mais complicado e exige muitos recursos do que fazer um telefone, o que poderia dar à Hyundai mais espaço para influenciar ou controlar o produto final.

“É realmente difícil [para a Hyundai] se abrir”, disse uma fonte familiarizada com o assunto que falou à Reuters. “A Apple é a chefe. Eles fazem o marketing, eles fazem os produtos, eles fazem a marca. A Hyundai também é a chefe. Isso simplesmente não funciona.”

A Hyundai parece ainda estar interessada, embora prefira que sua subsidiária Kia seja a responsável pela montagem final de um carro da Apple, em vez da própria Hyundai Motors. De acordo com outra fonte, a Apple provavelmente exigiria que a montagem final do carro ocorresse nos Estados Unidos. A Kia tem uma fábrica na Geórgia e a marca já foi mais agressiva na produção de veículos elétricos, então ela parece mesmo ser mais adequada para a parceria.

Neste ponto, embora a Hyundai (ou a Kia) pareça ser um bom parceiro para a Apple na busca da empresa para construir um carro elétrico inteligente, todos os vazamentos e reportagens estão atrapalhando as negociações. A Apple gosta de manter seus projetos futuros em segredo e não deve estar gostando nada de ver a Hyundai falando pelos cotovelos. Se a montadora coreana quer realmente fechar negócio, ela provavelmente vai ter que ficar quietinha.

De qualquer forma, parece que não veremos um carro projetado pela Apple antes de, no mínimo, 2025.