A Epic Games, desenvolvedora do Fortnite, decidiu deixar a Google Play Store de lado e pediu para os interessados instalarem o jogo diretamente do seu site. A decisão faz muito sentido do ponto de vista financeiro. Tirando o Google da jogada, ela pode ficar com 100% das receitas do game no Android, sem ter que deixar os tradicionais 30% nas mãos do Google.

No entanto, a decisão de passar por fora do jeito mais fácil e confiável de baixar aplicativos de Android também aumentou a chances dos fãs de Fortnite serem vítimas de golpes.

Era só uma questão de tempo até agentes mal-intencionados tentarem se aproveitar da situação para espalhar vírus e softwares maliciosos.

De acordo com a Wired e a empresa de programas de segurança Lookout, menos de uma semana depois do lançamento de Fortnite para Android, sete sites não autorizados já estavam se disfarçando de fontes de download, cada um deles entregando algum tipo de malware.

A Lookout descreve dois tipos de malware predominantes nas cópias encontradas. O primeiro é chamado pela companhia de “FakeNight”. O programa toca um vídeo que parece uma tela de carregamento. Depois, mostra uma mensagem que pede uma “verificação mobile”. Então, abre uma janela de navegador e diz que você deve clicar em anúncios para ganhar um código do jogo — que, na verdade, nunca aparece.

O segundo tipo é chamado de “WeakSignal”. Assim como no primeiro, aparece um vídeo imitando a tela de “loading”, mas uma série de anúncios aparece por cima dele. No final, ele diz que seu sinal está fraco e que você deve tentar de novo mais tarde.

Felizmente, esses dois tipos não são a pior coisa — eles basicamente se aproveitam da ingenuidade e boa vontade dos usuários para ganhar dinheiro com anúncios. Infelizmente, eles não são os únicos que estão circulando por aí.

Em maio — portanto, meses antes do lançamento oficial —, uma empresa de segurança de nuvem chamada Zscaler encontrou um aplicativo falso de Fortnite que vinha cheio de spyware, pronto para pegar os registros de chamadas de usuário. Ele também pedia permissões de acessibilidade, garantindo acesso à câmera e a outros recursos do smartphone.

Então, aqui vai um aviso de interesse público: não baixe Fortnite de lugares esquisitos. Só existe um site em que você pode pegar o jogo oficialmente — é esse aqui: fortnite.com/android —, direto da Epic Games. Qualquer pessoa que disser algo diferente disso está tentando te enganar.

Até mesmo o Google colocou um aviso na Play Store. Se você procura Fortnite, a loja explica que o jogo não está disponível por lá. Portanto, se você encontrar por lá alguma coisa parecida com o famoso jogo de tiro com personagens desenhados, não baixe.

Games deveriam ser um jeito divertido de relaxar, não uma ameaça à sua segurança. Use o bom senso para não cair em armadilhas. Para mais detalhes sobre como baixar e instalar Fortnite com segurança, dê uma olhada em nosso guia.