O Google anunciou neste fim de semana o adiamento do lançamento planejado da versão beta pública do Android 11 bem como do Beta Launch Show, um evento transmitido ao vivo para apresentar as principais atualizações e anúncios do sistema operacional. Em um tuíte, o Google disse que “agora não é hora de comemorar”.

A empresa fez o anúncio à luz dos protestos que tomaram os Estados Unidos e algumas partes do mundo pela morte de George Floyd, um homem negro desarmado que foi sufocado até a morte enquanto um policial branco se ajoelhou em seu pescoço em Minnesota.

O Google originalmente planejava lançar o Android 11 beta e realizar seu evento na próxima quarta-feira (3).

“Estamos empolgados em contar mais sobre o Android 11, mas agora não é hora de comemorar. Estamos adiando o evento de 3 de junho e a versão beta. Em breve, voltaremos com mais detalhes sobre o Android 11”, disse a companhia no Twitter.

Android 11 Beta Launch Show

Depois de cancelar sua conferência física para desenvolvedores, o Google I/O 2020, por causa da pandemia de coronavírus, o Google decidiu fazer o evento online Beta Launch Show. Segundo o 9to5Google, o evento contaria com a participação de Dave Burke, vice-presidente de engenharia do Android, e Stephanie Cuthbertson, diretora sênior de produtos, entre outros.

Além das palestras, o evento também teria uma sessão de perguntas e respostas ao vivo, que seriam selecionadas por meio da hashtag #AskAndroid no Twitter. O Google planejava promover outras palestras sobre tópicos como acesso ao armazenamento, a linguagem de programação Kotlin, Android Jetpack (suíte de biblioteca e ferramentas para fazer apps mais facilmente), entre outros assuntos

O 9to5Google relata que o adiamento não alterará a data final de lançamento do Android 11, prevista para o terceiro trimestre deste ano, para desenvolvedores de apps e parceiros.