O Google anunciou hoje, durante a conferência I/O, o Google Assistant – seu novo assistente virtual baseado em inteligência artificial.

>>> Google Home: o alto-falante inteligente que vai rivalizar com o Amazon Echo
>>> As novidades do Android no Google I/O: realidade virtual, Wear e um novo nome
>>> O Google tem dois novos apps para conversas: Allo e Duo



Em um primeiro momento, o assistente parece uma evolução natural da integração do Google Now com o reconhecimento de voz já presente no Android. Você faz uma pergunta para ele e ele dá a resposta. E, a partir dessa resposta, você pode continuar fazendo perguntas para se aprofundar no que precisa.

Um exemplo dado por Sundar Pichai, CEO da empresa, foi em uma situação em que a pessoa quer ir ao cinema. Ela pergunta para o assistente quais filmes estão passando no cinema e recebe a lista como resposta. Depois, a pessoa diz que quer levar as crianças ao cinema, e o assistente filtra os filmes mais indicados para família. Escolha o filme e peça para o assistente ver se as análises dele são positivas. Se forem, peça para comprar os ingressos, e ele faz isso. Tudo isso é exibido em uma interface que lembra bastante serviços de mensagens.

O Google Assistant estará disponível em smartphones, carros, smartwatches e até mesmo em salas de estar, mas ainda não está claro se ele funcionará também em português ou se inicialmente só vai entender inglês.

Atualizado às 15h