O Google sabe uma coisa ou outra sobre busca, mas agora a empresa finalmente está levando parte deste conhecimento para TV. Nesta quarta-feira (30), a companhia anunciou o Google TV, sua nova interface para televisões, e um novo Chromecast que conta com um controle remoto e sistema operacional Android TV.

Uma nova interface para TV

Começando pela interface, a ideia é que ela seja um centro de entretenimento para os usuários e que auxilie na busca de filmes, séries e programas de TV. “Queremos ajudar o usuário a achar todo o conteúdo que está disponível”, disse Shalinn Govilpai, diretora sênior do Google TV, durante apresentação da companhia.



Ao buscar, por exemplo, por filmes do Batman, a interface retornará os diferentes conteúdos envolvendo o herói nas distintas plataformas suportadas. Isso é um recurso especialmente importante pois ainda não existe um grande agregador de conteúdos dos distintos serviços de streaming.

De alguma forma, esta é uma funcionalidade parecida com uma que vimos há um tempo no RokuOS, o sistema operacional da companhia norte-americana Roku, que vem embarcado em smart TVs e em aparelhos próprios da marca, como dongles e caixinhas.

Além disso, o usuário poderá criar listas de conteúdos que deseja ver — inclusive adicionando ou removendo conteúdos por meio da busca do Google no smartphone.

Nos EUA, também é possível verificar detalhes de programas da YouTube TV e gravá-los para ver depois — por lá, a plataforma tem o YouTube TV, um serviço de assinatura que permite assistir TV pela internet; infelizmente, não tem isso por aqui.

Por meio da TV também será possível controlar itens conectados da casa. Na apresentação da companhia, por exemplo, foi exibida uma solicitação para verificar quem estava na porta, acionando a câmera da entrada da casa.

Quando não estiver rodando algum tipo de TV ou série, o usuário poderá transformar sua TV em um grande porta-retrato com imagens presentes no Google Fotos.

Esta interface nova, num primeiro momento, estará disponível no Chromecast e deve chegar no primeiro semestre de 2021 para TVs da Sony e de outros parceiros com Android TV.

Segundo o Google, os usuários poderão usufruir desta nova interface no smartphones por meio de uma atualização do app Google Play Filmes, que deve começar a ser liberada nos EUA e aos poucos expandida para outros países.

Chromecast com Google TV

Google Chromecast com Google TV. Crédito: Google

O Chromecast já está disponível no Brasil há um tempo, e o grande objetivo do acessório é conectar sua TV e transformá-la em uma smart TV. Antes, ele era apenas um acessório que se conectava no aparelho e dependia de um smartphone ou um computador para escolher o que tocar.

Na edição deste ano, chamada de Chromecast com Google TV, a empresa decidiu incluir o sistema operacional Android TV e um controle remoto. Assim, agora o aparelho funciona com muito mais independência.

Chromecast com Google TV agora tem um controle que aceita comandos de voz

O pulo do gato do controle é contar com um botão para acessar o Google Assistente. Então, o usuário poderá fazer requisições usando a voz. Usando esses comandos, também é possível encontrar atalhos para ir diretamente para determinados apps ou serviços de streaming.

Na edição deste ano, o aparelho suporta 4K HDR a 60 fps (frames por segundo). Então, além de ver filmes em ótima qualidade, a empresa também parece apostar que alguns usuários vão querer jogar via Google Stadia, o serviço de streaming de games da companhia. Segundo o Google, aliás, a plataforma de games da empresa estará disponível no Chromecast no primeiro semestre de 2021.

Num primeiro momento, o Chromecast com Google TV será disponibilizado na Austrália, Canadá, França, Alemanha, Irlanda, Itália, Espanha, Estados Unidos e Reino Unido a partir de 15 de outubro. Nos EUA, onde o produto já está em pré-venda, ele tem preço sugerido de US$ 50.

De acordo com o Google, o Chromecast chegará a outros países até o fim de 2020. Quem sabe o Brasil não está nessa lista?

Chromecast com Google TV