Um dos mantras centrais do modelo do Google é a palavra “grátis”. Tudo é de graça! De graça, só chegar e usar, meus amigos. Mas e quando um serviço fica popular demais? A partir do dia primeiro de janeiro de 2012, desenvolvedores serão cobrados quando seus apps acessarem a API do Google Maps mais de 25 mil vezes em um dia.

Os rumores dizem que a taxa cobrada seria de US$4 a cada mil acessos após os 25 mil. Mas é importante frisar que mesmo ainda sem preço, tal mudança vai acontecer mesmo. Ter que cobrar as pessoas, mesmo que seja uma média de 0,35% dos usuários, segundo o Google relatou à BBC, é uma forma de assumir que o modelo do Maps tem problemas, ou que pelo menos ele não tem eficiência em termos de escala. E para um serviço tão popular quanto o Google Maps, isso pode se tornar algo mais perigoso no futuro. [BBC via BGR]

UPDATE: Como nos lembrou o chapa Rafael, do Tecnoblog, o preço já foi confirmado pelo Google. Se você acessar este FAQ na página em inglês do serviço por ver a tabela: