Quase uma centena de motoristas americanos esta semana seguiram instruções ruins de direção e acabaram atolados em um campo vazio.

Um acidente na Peña Boulevard atrapalhou o acesso ao Aeroporto Internacional de Denver no domingo. Por isso, o Google Maps sugeriu um desvio para muitos dos motoristas que tentavam chegar para voar ou pegar passageiros no desembarque.

“Pensei: ‘Talvez haja um desvio’ e o coloquei no Google Maps, e isso me deu um caminho com metade do tempo original”, disse Connie Monsees à CNN. “Eram 43 minutos inicialmente, e seriam 23 em vez disso — então eu peguei a saída e dirigi para onde eles me disseram.”

Mas esse desvio a levou a uma estrada de terra perto do limite entre Denver e Aurora. Ela não ficou imediatamente preocupada graças à psicologia das multidões.

“Meu pensamento era: ‘Bem, todos esses outros carros estão na minha frente, então deve estar tudo bem’, disse Monsees à afiliada da ABC News em Denver.

Então a estrada de terra acabou em uma área enlameada, ainda encharcada por causa da chuva dos dias anteriores na região.

“Foi quando eu pensei ‘ops, essa foi uma decisão ruim'”, disse ela à ABC. Segundo o canal de TV, cerca de 100 carros fizeram o desvio e acabaram no campo lamacento e vazio. Os dois carros da frente da fila ficaram atolados na lama. A estrada era apertada e só permitia a passagem de um carro de cada vez, então todos os outros carros ficaram presos atrás dos líderes do grupo.

Captura de tela: The Denver Channel

“A pergunta, para começar, é: por que o Google nos enviou lá? Não tinha nem como sair daquilo”, disse Monsees à ABC, que informa que a estrada é de propriedade privada. A ABC encontrou um sinal de “estrada fechada” próximo à pista, mas não conseguiu confirmar com autoridades de Denver ou Aurora se ela estava de fato fechada ao tráfego.

O Google disse ao Gizmodo que a estrada não estava listada como privada e que os usuários podem relatar o fechamento de ruas no Maps. “Levamos muitos fatores em consideração ao determinar rotas de direção, incluindo o tamanho da estrada e o quão direto é o caminho”, disse o Google ao Gizmodo, em um comunicado. “Embora trabalhemos sempre para fornecer as melhores direções, podem surgir problemas devido a circunstâncias imprevistas, como condições meteorológicas que afetam a qualidade das estradas. Encorajamos todos os motoristas a seguir as leis locais, se manter atentos e usar o bom senso ao dirigir.

O Hyundai Santa Fe de Monsees tem tração nas quatro rodas e conseguiu escapar. Ela disse à ABC News que até deu carona para algumas pessoas até o aeroporto, sendo uma delas passageira de um Uber que ficou preso na lama.

Esse não é o primeiro caso de um aplicativo de mapas dando direções erradas para usuários. Em 2017, o Waze mandou motoristas pegarem a Avenida 23 de Maio, que estava travada no momento.