Parece que o Stories não é apenas uma tendência passageira que o Instagram copiou do Snapchat. Após o recurso ser incorporado no WhatsApp e Facebook, o Google anunciou nesta terça-feira (6) que vai lançar o Web Stories no Discover. Os primeiros países a receberem a novidade são Brasil, Estados Unidos e Índia, estando disponível no aplicativo do Google para Android e iOS.

Apesar do nome Web Stories, vale ressaltar que estes conteúdos não são feitos por usuários convencionais, mas por veículos de imprensa. Segundo o Google, esses conteúdos feitos por alguns sites e jornais já apareciam na busca, porém agora terão um destaque maior e vão aparecer na aba Discover — aquela área do app do Google que mostra indicações de conteúdos baseados em seus interesses ou no Android, quando você arrasta para o lado direito e aparecem uma série de notícias.



Se você nunca viu um desses Web Stories do Google, dê uma olhada neste feito pela Folha de S. Paulo.O recurso em si não é a grande novidade, visto que o Google já permitia que alguns sites publicassem conteúdos no formato de stories para serem exibidos em suas próprias páginas ou em resultados de pesquisa.

A diferença é que eles vão ganhar maior visibilidade ao serem integrados ao aplicativo do Google e exibidos na aba de curadoria da gigante de buscas. Segundo o Google, o Discover conta com mais de 800 milhões de usuários mensais. Apesar de funcionar melhor em dispositivos móveis, os cards podem ser visualizados no desktop também – nesse caso, o conteúdo é expandido para se adequar às dimensões da tela.

Ainda de acordo com o Google, os autores dos conteúdos têm controle total sobre monetização, hospedagem, compartilhamento e inclusão de links nos Stories.

Dentre os mais de 2 mil sites que já publicaram Stories que foram indexadas pelo Google, alguns dos veículos brasileiros incluem Folha de S.Paulo, O Globo, UOL, Catraca Livre, Meia Hora, entre outros.  Para criar os cards, é necessário utilizar ferramentas como o Web Story para WordPress, MakeStories ou NewsroomAI.