Em maio, o climatologista Ed Hawkins, do Centro Nacional de Ciências Atmosféricas da Universidade de Reading (Reino Unido), divulgou uma das visualizações mais convincentes que já vimos sobre mudança climática ao longo dos últimos 160 anos. Recentemente, o USGS (Serviço Geológico dos Estados Unidos) fez uma nova visualização que projeta o gráfico de Hawkins para o futuro.

>>> A Terra de 56 milhões de anos atrás nos mostra o futuro da mudança climática
>>> Se você acha que o aumento de um grau na temperatura é pouco, leia isto

Em vez de mostrar um gráfico de linha simples, Hawkins fez uma visualização em espiral, mostrando que, apesar de pequenas variações entre diferentes meses, nós percorremos um longo caminho desde as nossas temperaturas basais em 1850. Desde então, a temperatura global subiu 1,5 grau Celsius, e a maior parte disso aconteceu nas últimas duas décadas.

Jay Alder, do USGS, usou projeções climáticas do IPCC (Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas), uma organização da ONU, para mostrar o que acontecerá se nossas taxas atuais de emissões de carbono continuarem a subir sem controle.

mudanca climatica usgs

A nova visualização mostra como os próximos anos prometem ser ainda mais quentes, com temperaturas globais subindo quase 5 graus Celsius (em relação ao ano-base de 1850) até o final do século.

Claro, essa projeção é o que acontece se não mudarmos nosso comportamento. Ainda há uma chance de evitar um aumento tão dramático da temperatura se os países cortarem as emissões de carbono. Isso não será fácil, no entanto, e vai exigir recursos, dinheiro, tempo, e – talvez acima de tudo – um compromisso global firme quanto ao fato de que a mudança climática é real e é causada pelos humanos.

[USGS]

Mapa por NOAA