Está confirmado: HBO Max e Discovery+ vão se unir em um único aplicativo de streaming em 2023. A Warner Bros Discovery deve lançar a nova plataforma – ainda sem nome – nos EUA em junho do próximo ano. A América Latina recebe a novidade no final de 2023 e o mercado europeu em 2024.

Informações divulgadas pela companhia a investidores na quinta-feira (4) adiantam que a nova plataforma terá uma mescla dos principais programas que existem hoje nos dois streamings. Sucessos como “Euphoria”, o novo “House of Dragons” – spin off de Game of Thrones – e “Sucession”, por exemplo, devem continuar no catálogo. 

O mesmo acontece com programas aclamados da Discovery+, como o reality “90 Dias para Casar” e “Do Velho ao Novo”. A nova plataforma deve bater de frente com a Netflix, que investe em realities, séries e filmes originais. 

Mudança já começou 

A Warner Bros Discovery – empresa que passou por fusão em abril – já deve começar a publicar os mesmos conteúdos nas duas plataformas. A HBO Max receberá realities shows da Magnolia Network, como “Reforma Relâmpago” e “Man Caves” a partir de 30 de setembro. Já em agosto, a Discovery+ passa a contar com originais da CNN. 

Ao anunciar as mudanças, o CEO da Warner Discovery, David Zaslav, afirmou que tanto a HBO Max quanto a Discovery+ tinham “deficiências” do ponto de vista do produto. 

No caso da HBO Max, há constantes relatos de congelamento de imagem e dificuldades em manter as configurações de login na Apple TV.

A Discovery+, por outro lado, é mais estável, mas não possui recursos para assistir offline e nem controle dos pais. A empresa também estuda a criação de uma plataforma de streaming gratuita, mantida por anúncios.

Depois da fusão, a Warner Bros Discovery alcançou 92 milhões de assinantes, somando a HBO Max (76,8 milhões) e Discovery+ (24 milhões). No segundo trimestre de 2022, a companhia registrou US$ 9,8 bilhões em receita – abaixo da estimativa de US$ 11,9 bilhões.