A Johnson & Johnson fez o recall de todos os lotes de cinco protetores solares spray Aveeno e Neutrogena nos EUA, depois que um laboratório independente encontrou pequenos traços de benzeno, um produto químico inflamável encontrado na fumaça de cigarro, gasolina e diluente. Por enquanto, nenhuma informação de que o recall afetará produtos no Brasil.

Em maio, o laboratório Valisure pediu à agência reguladora FDA para fazer o recall de 78 produtos de proteção solar, de uma variedade de marcas. Contudo, os protetores solares em spray da Neutrogena tiveram a classificação mais alta em conteúdo de benzeno — cerca de três vezes o nível máximo recomendado de benzeno. Alguns produtos CVS Health, Good Sense e Banana Boat também estão na lista, junto com até mesmo um protetor solar mineral supostamente “totalmente natural” da Raw Elements.

A Johnson & Johnson afirma que o uso habitual desses filtros solares não seria suficiente para prejudicar a saúde, e que o recall é “por excesso de cautela”. A empresa também observa que os produtos não usam benzeno como ingrediente e que a contaminação é acidental. Se você mora nos Estados Unidos e comprou um desses produtos, você pode solicitar um reembolso. A lista completa está disponível aqui.

Felizmente, os níveis encontrados nos protetores solares eram pequenos, então não há motivo para pânico. Por exemplo, você respira benzeno quando enche o tanque de gasolina. Se você mora perto de uma rodovia, está exposto ao benzeno. Um “fumante médio” (32 cigarros por dia) inala cerca de 10 vezes o nível médio de benzeno. Até mesmo sentar perto de um fumante pode expô-lo ao benzeno.

A exposição a níveis mais elevados de benzeno tem sido associada a leucemia, anemia, sangramento excessivo, sistema imunológico enfraquecido e possíveis danos à saúde reprodutiva das mulheres. O Departamento de Saúde e Serviços Humanos (HHS) constatou que a exposição ao benzeno no ar e da água, ao longo da vida, pode contribuir para 100 mil casos de câncer. Em um nível muito alto, pode causar uma morte rápida.

Assine a newsletter do Gizmodo

Apesar dessa notícia, continua sendo verdade que o protetor solar é uma ótima maneira de prevenir o câncer. Aliás, o Sol é uma causa muito mais frequente de câncer do que o benzeno. A Fundação do Câncer de Pele descobriu que um em cada cinco americanos desenvolve câncer de pele, uma taxa que deve aumentar à medida que os raios ultravioleta mais intensos atingem a superfície do planeta. Os dermatologistas tendem a recomendar cremes ou protetores solares em vez de sprays. Chapéus, mangas compridas e sombras também são ótimas maneiras de se manter protegido.