Durante a feira CES, a Lenovo anunciou sua nova linha ThinkPad X1 de laptops e híbridos. Eles chegaram ao Brasil e, previsivelmente, custam bem caro.

O ThinkPad X1 Yoga une o design clássico do ThinkPad a uma tela de 14 polegadas que gira em 360 graus. Ele conta com algumas otimizações para o modo tablet: o teclado – resistente a respingos e derramamentos – se retrai quando você gira a tela, permitindo segurá-lo de forma mais confortável.

Quando o X1 Yoga está no modo tablet e detecta que você está andando para algum lugar, ele desativa automaticamente o toque da tela, para evitar comandos acidentais, e reduz o brilho para economizar energia.

lenovo-x1-yoga-feature-3

Além disso, há uma caneta stylus que se encaixa no corpo do laptop, cuja bateria é recarregada com um supercapacitor embutido – 15 minutos de carga dão 100 minutos de uso.

A tampa do laptop é feita de fibra de carbono, enquanto a base usa um composto chamado Supermag, baseado em magnésio. Ele tem apenas 17 mm de espessura e pesa 1,27 kg.

Tudo isso tem um preço salgado. A versão com touchscreen IPS Full HD, processador Intel Core i5 da geração Skylake, 8 GB de RAM e SSD de 128 GB custa R$ 10.699. Enquanto isso, a versão com Core i7 e SSD de 256 GB sai por R$ 11.709. Ambos vêm com a caneta ThinkPad Pen.

lenovo-thinkpad-x1-carbon-front-1

Temos também a quarta geração do ThinkPad X1 Carbon, um dos ultrabooks mais leves do mercado – são apenas 1,17 kg. Apesar de ser fino (16,5 mm de espessura), ele promete 11 horas de autonomia. Você também encontrará aqui uma caneta stylus que se encaixa no laptop; a tela se inclina em 180 graus.

A versão com tela IPS Full HD, processador Intel Core i5 da geração Skylake, 4 GB de RAM e SSD de 128 GB custa R$ 10.199. Enquanto isso, a versão com Core i7, 8 GB de RAM e SSD de 256 GB sai por R$ 11.499. Ele não acompanha a caneta ThinkPad Pen.

 

lenovo-thinkpad-x1-tablet-front-2

O país recebeu também o ThinkPad X1 Tablet, com Windows 10 e inspirado no Microsoft Surface: há um kickstand embutido na traseira; o teclado se prende de forma magnética; e ele vem acompanhado por uma caneta stylus bem semelhante à Surface Pen.

O tablet possui tela IPS de 12 polegadas com resolução 2160 x 1440 e proporção 3:2, assim como o Surface. A capa com teclado possui trackpad e até mesmo o clássico trackpoint, botão vermelho para controlar o ponteiro do mouse. São 8,4 mm de espessura e 795 g (ou 13 mm e 1,1 kg com o teclado). A bateria dura até 10 horas.

A versão básica tem processador Core m5, 8 GB de RAM e SSD de 128 GB, vem acompanhada pelo teclado e a caneta, e custa R$ 9.799.

Os modelos básicos do X1 Yoga, X1 Carbon e X1 Tablet vendidos no Brasil custam, nos EUA, o equivalente a R$ 5.500, R$ 4.500 e R$ 4.000, respectivamente. Ou seja, a Lenovo está cobrando entre o dobro e o triplo por aqui – uma combinação de impostos altos e lucro Brasil.