Para criar o laptop perfeito, é preciso atingir um delicado equilíbrio entre peso e desempenho. Se você quer algo leve, incluir o melhor processador e uma ventoinha pode ser desafiador. Para o novo Yoga 900 Series, a Lenovo decidiu repensar a fórmula.

No ano passado, a Lenovo lançou o Yoga 3 Pro, um laptop fino até demais. Ao reduzir cada milímetro possível de espessura, alguns sacrifícios foram necessários. Em primeiro lugar, ele usa um processador Core M de baixa potência, o que traz (em tese) maior duração de bateria e um design sem ventoinha. Só que ele sofre com engasgos e não é realmente adequado para usuários Pro.



No entanto, com o novo Yoga 900 – um nome diferente para o verdadeiro sucessor do Yoga 3 Pro – você recebe as melhores especificações. Isso inclui um processador Core i7 6500U da geração Skylake, 8 GB ou 16 GB de RAM, e 256 ou 512 GB de armazenamento em estado sólido. Ele ficou um pouco mais grosso, mas muito pouco.

Lenovo Yoga 900 (2)
Lenovo Yoga 3 Pro (em cima) e Yoga 900 (embaixo)

O Yoga 900 é 90 g mais pesado e 1,5 mm mais grosso; ao comparar ambos lado a lado, os dois laptops parecem bem semelhantes. Na verdade, o Yoga 900 é atualmente o laptop conversível com Skylake mais fino do mercado, e com uma bateria maior de 66Wh (contra 44Wh no modelo anterior), você poderá ter até 9 horas de autonomia.

Adicionar peso extra pode ser particularmente arriscado quando um laptop é projetado para ter um modo tablet, com uma dobradiça de 360 ​​graus. Mas, para ser honesto, um laptop de 1,3 kg nunca será realmente um tablet, então isso não deve ser um problema.

Lenovo Yoga 900 (3)

A Lenovo diz que eles melhoraram a dobradiça do Yoga, que tem um curioso design de pulseira de relógio – ela é feita de 813 componentes individuais. A promessa é que, quando você usar a touchscreen no modo laptop, ela não vai ceder à pressão do seu dedo. No entanto, eu comparei esse recurso, e não notei qualquer diferença entre o Yoga 900 e o Yoga 3 Pro.

O teclado ganhou uma fileira extra de teclas Fn, que antes ficavam embutidas nas teclas numéricas. Elas mantêm o design de tesoura na dobradiça, e o espaço entre elas é pequeno, o que pode ser bom ou ruim dependendo da sua preferência.

Lenovo Yoga 900 (1)

Ah, e a família Yoga também entrou na onda USB Type-C, ganhando uma porta reversível do novo padrão. No entanto, a entrada para o carregador continua sendo uma USB 3.0, o que é bem conveniente para os momentos em que você não estiver carregando a bateria.

E, finalmente, algumas coisas permanecem iguais: por exemplo, a tela de 13,3 polegadas mantém a resolução 3200×1800. Esperamos que, desta vez, a Lenovo tenha prestado um pouco mais de atenção para evitar os problemas de ângulos de visão e vazamento de luz que vimos no ano passado.

O Yoga 900 começa em US$ 1.200 (8GB, SSD de 256GB) e vai até US$ 1.500 para o modelo de 16GB e 512 GB de SSD. Ele vem nas cores laranja, dourado champanhe e prata, e está disponível nos EUA a partir de hoje.

Lenovo Yoga 900 (5)

Especificações – Lenovo Yoga 900:

Tela: 13,3 polegadas, 3200 x 1800 pixels, com display IPS e 10 pontos de toque
Processador: Intel Core i7 6500U de 2,5 GHz (Skylake)
Armazenamento: SSD de 256 GB ou 512 GB
Memória: 8 GB ou 16 GB
Espessura: 14,9 milímetros
Peso: 1,3 kg
Preço: US$ 1.200 a US$ 1.500, dependendo do modelo