O design dos smartwatches geralmente tenta ser algo notavelmente diferente (como o Moto 360), ou procura se aproximar de um relógio tradicional. O LG Watch Urbane cai nesta segunda categoria.

Ele vem em dois sabores: um modelo básico, e uma versão de luxo com 4G. Nós experimentamos os dois aqui em Barcelona, ​na Mobile World Congress.

LG Watch Urbane LTE

Vamos começar com o modelo mais bacana: o LG Watch Urbane LTE não roda Android Wear – em vez disso, temos aqui o webOS para smartwatches que vimos em janeiro. Curiosamente, a LG não está promovendo a marca webOS aqui: ela diz que o relógio roda uma “plataforma proprietária para wearables”.

E por que webOS? A LG diz que o Android Wear não funciona muito bem com NFC, pagamentos, ou conectividade LTE.

LG Watch Urbane - hands-on (5)

Ainda assim, o Urbane LTE funciona com a maioria dos apps para Android Wear; você pode baixá-los a partir da Play Store. A LG também adicionou seus próprios aplicativos: um calendário, um medidor de swing para jogadores de golfe, um contador de passos, um rastreador GPS, e um medidor de calorias queimadas.

O relógio é um pouco mais fino e mais compacto do que a versão sem 4G. Ele é construído em alumínio, com uma pulseira de borracha padrão. A interface é fluida e intuitiva, e a forma de se mover entre apps – com diferentes bolhas – lembra o que vimos até agora no Apple Watch.

LG Watch Urbane - hands-on (6)

Por dentro, temos surpreendentes 700 mAh da bateria, mas a LG promete apenas um dia de uso normal – o 4G consome muita energia, afinal.

O LG Watch Urbane LTE estará disponível primeiro na Coréia do Sul e depois no resto do mundo, alguns meses depois do LG Watch Urbane básico. A empresa não revela preços, mas esperamos por algo a partir de US$ 400. Você quer um telefone em seu pulso para fazer chamadas?

LG Watch Urbane

LG Watch Urbane - hands-on (2)

A LG também anunciou um modelo básico, o LG Watch Urbane. Preciso dizer isso sem rodeios: ele é bem volumoso. É uma pena, porque fora isso ele é um relógio realmente bacana.

Ele tem exatamente as mesmas especificações do seu antecessor, o LG G Watch R, então eu esperava que novos modelos se concentrassem em melhorar as especificações e o design. Em vez disso, o LG Watch Urbane tenta repetir a fórmula com algumas mudanças externas e um corpo monobloco ligeiramente mais fino (mas ainda assim volumoso).

LG Watch Urbane - hands-on (4)

O relógio roda Android Wear, e na traseira ainda temos um monitor de frequência cardíaca. A tela P-OLED de 1,3 polegadas tem 320×320 pixels, e por dentro há um processador Snapdragon 400 e bateria de 410 mAh. A LG promete até 30 horas de bateria em uso normal, mas teremos que testar isso. O LG G Watch R tinha uma boa vida útil da bateria, então eu esperaria pelo menos um dia de uso.

Ele vem em duas cores, prata e ouro. A versão prateada é elegante, mas a dourada é apenas para quem realmente gosta de relógios chamativos. A LG não anunciou o preço e disponibilidade ainda, mas este será o primeiro modelo a chegar globalmente ao mercado, antes da versão LTE.

LG Watch Urbane - hands-on (3)