Ciência

Manaus passa feriado coberta por fumaça e atinge 2ª pior qualidade do ar do mundo

Queimadas causadas por agropecuaristas na Região Metropolitana de Manaus aumentou poluição do ar na capital do Amazonas
Imagem: A Crítica/ Reprodução

Nos últimos cinco dias, Manaus esteve coberta por fumaça. Desde agosto, a capital do Amazonas enfrenta os efeitos das queimadas da agropecuária, com consequências intensificadas pela seca anormal deste ano. 

Em geral, a nuvem de fumaça em Manaus perdurou durante todo o feriado, acompanhada de calor intenso. Na última quarta-feira (11), a cidade chegou a alcançar um índice de poluição de 459 ug/m3 (microgramas/metro cúbico).

Dessa forma, a capital amazonense era, naquele momento, a segunda pior qualidade do ar do mundo. Ela só perdia para o condado californiano de Siskiyou, nos Estados Unidos, que alcançou o nível alarmante de poluição de 748 ug/m3.

Durante três dias, a nuvem cinzenta cobriu prédios e pontos turísticos da cidade. Neste período, o painel internacional World’s Air Polution classificou a qualidade do ar como “hazardous”, ou seja, perigosa.

Já no sábado (14), uma chuva aliviou as temperaturas e o cenário de fumaça. Nesta segunda-feira (16), os bairros da cidade de Manaus têm a qualidade do ar classificada entre Moderada e Ruim pelo Selva (Sistema Eletrônico de Vigilância Ambiental).

Manaus passa feriado coberta por fumaça e atinge 2ª pior qualidade do ar do mundo

Qualidade do ar de Manaus nesta segunda-feira (16). Imagem: Sistema Eletrônico de Vigilância Ambiental/ Reprodução

A causa da poluição do ar

Segundo o superintendente do Ibama no Amazonas, Joel Araújo, a nuvem de fumaça é causada por agropecuaristas, que queimam a vegetação para abrir pastos.

De acordo com a Prefeitura de Manaus, que se baseou em dados do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), as queimadas acontecem na Região Metropolitana. 

“Além de Autazes, os municípios de Careiro (50 focos), Careiro da Várzea (26 focos), Itacoatiara (24 focos) e Manacapuru (18) estão entre os dez municípios que mais registraram focos de queimadas nos últimos dois dias, segundo os dados do Inpe”, afirmou a prefeitura, em nota.

Assine a newsletter do Gizmodo

Bárbara Giovani

Bárbara Giovani

Jornalista de ciência que também ama música e cinema. Já publicou na Agência Bori e participa do podcast Prato de Ciência.

fique por dentro
das novidades giz Inscreva-se agora para receber em primeira mão todas as notícias sobre tecnologia, ciência e cultura, reviews e comparativos exclusivos de produtos, além de descontos imperdíveis em ofertas exclusivas