Ainda que só exista uma loja Amazon Go, que não tem caixas nem filas, parece que a estreia da gigante do varejo nessa área fez com que outras empresas pensassem em como elas poderiam entrar no futuro do varejo.

De acordo com a Reuters, a Microsoft agora está trabalhando em uma tecnologia que permitiria que varejistas desenvolvessem um sistema de lojas sem caixas ou filas. No entanto, em vez de instalar essa tecnologia em lojas oficiais da Microsoft, a companhia tem conversado com o Walmart sobre um esforço conjunto que poderia dar a Amazon alguma competição.

Primeiro supermercado automatizado da Amazon começa a funcionar nos EUA
Supermercado automatizado da Amazon funciona bem (se ninguém andar rápido ou mover as coisas)
Uma startup diz fazer lojas automatizadas melhor que a Amazon

A Microsoft tem um grupo de 10 a 15 pessoas dedicadas a criar uma nova tecnologia de varejo, e embora a Reuters não dê muitos detalhes, uma das fontes disse que o método que foi explorado pela equipe foi colocar câmeras em carrinhos de compra para monitorar os itens enquanto os clientes passam pela loja.

Esse tipo de teste sugere que a o objetivo real da Microsoft é criar um sistema de tecnológico que não gaste tanto dinheiro e que eliminaria caixas, enquanto também poderia economizar dinheiro na instalação de centenas de câmeras, como as instaladas na loja piloto Amazon Go.

Entrar no mundo de lojas sem caixas ou filas poria a Microsoft em outro front de competição com a Amazon — na nuvem, as companhias já concorrem com as plataformas Microsoft Azure e Amazon AWS. E não devemos esquecer do Bing, que dá alguma competição ao Google, ainda que seja responsável por algo entre 7 e 10% das buscas mundiais, enquanto o Google tenha algo na casa dos 75% desse mercado.

Com a Amazon já planejando a abertura de lojas Amazon Go em Chicago (Illinois) e em San Francisco (Califórnia), a Microsoft e o Walmart devem se apressar, se não quiserem que a Amazon saia muito à frente deles.

[Reuters]

Imagem do topo: loja da Microsoft em Nova York. Crédito: Divulgação.