A partir de novas observações do Telescópio Espacial Hubble, a NASA prometeu revelar na próxima semana uma descoberta que promete ampliar a nossa compreensão sobre o Universo. Não apenas isso, mas a novidade também abrirá uma nova área de pesquisa para o Hubble e outros telescópios espaciais, incluindo o novo James Webb.

Por enquanto, a NASA fez mistério sobre a descoberta, mas, de acordo com o site Space, a novidade recebeu alguns adjetivos como “empolgante” e “emocionante”, além de ter potencial para figurar entre os livros dos recordes.

Como o Hubble possui um amplo campo de estudos – indo de exoplanetas a galáxias -, fica difícil adivinhar qual seria essa descoberta. Portanto, teremos que aguardar o anúncio oficial da NASA até a próxima quarta-feira (30).

Hubble: 32 anos de história

Neste mês de março, a câmera avançada de pesquisas do Hubble (ACS, na sigla em inglês), completou 20 anos em operação, desde que ela foi instalada no telescópio espacial pelos astronautas do ônibus espacial Columbia, em 2002.

Com este instrumento, o Hubble conseguiu produzir mais de 125 mil fotos, incluindo as imagens mais profundas do Universo que temos até o momento, mostrando como ele era cerca de 435 milhões de anos após o Big Bang e revelando os primeiros objetos formados no Cosmos.

Já no próximo dia 24 de abril, o Hubble fará o seu 32º aniversário no espaço, se consolidando como um dos instrumentos mais conhecidos e bem sucedidos da história da astronomia moderna. Apesar de o telescópio espacial estar há cerca de 13 anos sem receber uma equipe de manutenção, e ter enfrentado uma série de defeitos nos últimos anos, a NASA ainda espera fazer novas descobertas com o Hubble até pelo menos 30 de junho de 2026.