Com a produção de filmes e TV lutando para sobreviver em meio à pandemia de COVID-19, quem quer assistir alguma coisa em casa está ficando sem ideias nem opções. Agora, a Netflix está testando um recurso que pode ajudá-lo quando as coisas ficarem realmente difíceis.

Usuários do Twitter notaram pela primeira vez um botão de reprodução aleatória na página inicial da Netflix no início desta semana, e as reações variaram de “eu precisava disso e nem imaginava!” a “quem usaria isso?“. Em um e-mail para o Gizmodo, um porta-voz da Netflix confirmou que o botão shuffle é real e que o gigante do streaming tem grandes esperanças nele.

Um porta-voz da empresa disse à Variety que o “Shuffle Play” faz parte de um teste mundial. O botão aparece para usuários de teste em três locais possíveis na interface e enfileira títulos que se enquadram em uma das três categorias:

– programas ou filmes semelhantes aos que você assistiu anteriormente;
– títulos em gêneros que você viu;
– ou conteúdo que você salvou na seção “Minha lista”.

O teste começou a ser feito no mês passado, e o porta-voz disse que a Netflix espera “absolutamente produtizar alguma coisa disso”.

A empresa vem tentando “produtizar” (que deve ser um neologismo deles para “transformar em produto”, creio eu) algum tipo de função shuffle há algum tempo, incluindo um recurso que colocava um episódio de TV aleatório que foi testado em abril. As razões declaradas são para dar aos usuários mais opções de descoberta e uma maneira mais rápida de começar a assistir.

Parece lamentável que a Netflix esteja usando outro algoritmo feito sob medida para os hábitos de visualização dos usuários em vez de tirar as pessoas para fora de suas zonas de conforto. Muita gente conta que faz a mesma coisa: fica rolando por meia hora pela mesma lista de sugestões e acaba desistindo.

Também sabemos que a empresa enterra muitos de seus programas e filmes. A Vulture fez recentemente um ranking dos filmes originais da Netflix, e fiquei surpreso ao ver que ela tem mais de 400 filmes em seu nome, muitos dos quais passaram batidos por mim.

Isso levanta outro ponto importante para a Netflix: ela deve considerar dar aos usuários a opção de usar o modo aleatório em categorias específicas. Eu queria esse recurso para filmes ou animes, por exemplo. Particularmente, não quero pular direto para o episódio 8, temporada 3 de Ozark. Mas se a pandemia continuar a afetar a produção de novos lançamentos, provavelmente ficarei muito mais confortável com a ideia de apertar o botão do caos.