Confirmando rumores e especulações baseadas em fotos vazadas de capinhas e outros acessórios, a Nintendo revelou nesta quarta-feira (10) seu novo console portátil, o Switch Lite – que chega por US$ 200 (R$ 750, em conversão direta).

O videogame é um pouco mais leve, menor e tem menos funcionalidades. Em compensação, é US$ 100 mais barato do que o Switch original. Os sacrifícios valem a economia?

Medindo 8,2 por 3,6 polegadas (20 por 9 centímetros), o Switch Lite é visivelmente mais compacto do que o Switch original que possui 9,4 por 4 polegadas (23,8 por 10,16 cm). Ele é mais leve também, com 275 gramas em vez dos 400 gramas do outro modelo.

Isso significa que ele é mais conveniente de se levar por aí. Sua bateria também tem um pouquinho mais de autonomia, saltando de seis horas e meia para sete horas de uso, assumindo que você não use o brilho da tela no máximo.

O Switch Lite será vendido em três cores e o envio começa no dia 20 de setembro em mercados selecionados.

Pessoa jogando no Nintendo Switch LiteO Switch Lite possui tela de 5,5 polegadas, comparado com as 6,2 polegadas do Switch original. Foto: Nintendo

Existem alguns sacrifícios significativos no console. Como os rumores apontavam, os controles similares ao Joy-Con são integrados à carcaça e não podem ser removidos. O Lite é um console para um único jogador e não é possível montá-lo em uma base para jogar pela TV via HDMI.

O Switch Lite também não possui o retorno háptico, que, sem dúvida, foi removido para melhorar a autonomia de bateria, uma vez que há menos espaço no interior do dispositivo. Não há sensores infravermelho também, o que significa que o Switch Lite não funciona com nenhum dos kits Nintendo Labo.

E a compatibilidade com os jogos existente? O Switch Lite funciona com qualquer título que suporte o modo portátil no Switch original. Para aqueles que não possuem essa característica, o Switch Lite ainda possui conectividade sem fio para que você possa conectar os joysticks necessários.

Nintendo Switch Lite em suas três cores: amarelo, turquesa e cinzaO Switch Lite virá em três cores: amarelo, cinza e turquesa, mas já foram reveladas versões de edição especial para o Pokémon. Foto: Nintendo

O preço de US$ 200 é, sem dúvidas, o maior atrativo do Switch Lite – e será bastante interessante para quem não estava a fim de gastar muita grana no console da Nintendo.

Por outro lado, aqueles que já possuem um Switch não têm motivos para querer o novo console. Ele não é tão menor assim, e os recursos sacrificados podem fazer falta para quem já está acostumado. Além disso, ainda não está claro como irá funcionar o compartilhamento de jogos entre consoles para aqueles que compraram os títulos digitalmente – entramos em contato com a Nintendo para saber como isso irá funcionar.