Hoje a Amazon anunciou que o Kindle Fire está esgotado, o que é muito conveniente considerando que haverá um evento da Amazon semana que vem. Nós esperamos novos Kindles Fire em um punhado de novos sabores. O que Jeff Bezos e cia. podem mostrar na próxima quinta?

Quantos Kindles?

Recentemente o chefão da rede de lojas norte-americana Staples, Demos Parneros, disse que a Amazon estava preparando “cinco ou seis” novos tablets. O que isso provavelmente significa (se é que há alguma base nesse papo) é que que haverá várias opções de espaço interno para dois diferentes tamanhos. Teoricamente, um Kindle Fire de 7″ com 8 GB, outro com 16 GB e outro com 32 GB, bem como uma versão de 10″ com as mesmas opções de espaço interno.

No mesmo sentido, há um murmurinho  sobre um Kindle Fire 4G. Entretanto, esse rumor vem de apenas um analista e… bem, analistas dizem um monte de bobagens que eles talvez tenham sonhado. Embora o 4G tenha se tornado padrão para tablets premium no ano passado, é igualmente possível que a Amazon deixe isso de fora para manter o preço baixo.

Ah, e não se esqueça de que há novos Kindle Touches a caminho. Mais sobre isso abaixo.

Quão grande?

O rumor que não morre — ele está no ar desde antes do anúncio do Kindle Fire original, em setembro do ano passado — é de que a Amazon tem um Kindle Fire de 10″ esperando para bater suas asas ao lado do carinha de 7″ no palco do evento da semana que vem. É uma possibilidade, mas nada garantido já que não passa de um rumor.

Especificações?

Há relatos de que a Amazon acrescentará uma câmera aos novos Fires — o modelo atual não tem —, presumivelmente uma frontal para vídeo conferências e autorretratos esquisitos. Porém, o Fire mais em conta talvez não tenha a habilidade de fazer fotos, dizem alguns rumores. Então, dá para esperar um preço realmente baixo para que tudo isso se encaixe.

O Fire atual tem um processador de 1 GHz dual-core e uma bateria gigante que lhe concede muita autonomia. Ele é bem mais lento do que outros tablets comparáveis no mercado — o Nexus 7, por exemplo, tem um chip Tegra 3 quad-core. Podemos especular que os Fires terão pelo menos uma modesta melhora, para entregar uma experiência mais rápida e eficiente (na realidade, aquele Tegra 3 parece combinar bastante com o modelo de 10″). A tela nesses novos caras parece que também ganhará melhorias, elevando as coisas para a resolução de 1280×800. Isso alteraria a proporção de 1,71 para 1,60, coisa que não impactaria o seu uso cotidiano de forma alguma.

Para ser honesta, não rolaram muitos rumores sobre as entranhas do Kineld Fire 2, mas é quase seguro achar que ambos os modelos estarão no nível de concorrentes como Nexus 7 e Galaxy Tab.

Quanto?

Por favor, sem alarmismo. Os Fires atualizados provavelmente terão um preço semelhante ao dos seus antecessores, o que seria algo perto de US$ 200 para o modelo básico. Considerando o quão popular a última versão foi, e também que o preço teve um papel importante nisso, a Amazon seria maluca se subisse o preço.

O modelo de 10″, claro, custará um pouco mais. Esperamos um valor perto de US$ 400, já que ninguém corta preços como a Amazon. O Galaxy Tab está US$ 400 e quase ninguém o compra, então pode ser que o tablet comparável da Amazon seja ainda mais barato.

Kindle Touches com iluminação frontal?

Um Kindle que você possa ler sozinho no escuro. O papo sobre um Kindle com iluminação frontal foi e voltou algumas vezes e, para ser sincera, a Amazon seria maluca de não colocar algo assim no mercado. O Nook Simple Touch com Glowlight está à venda desde abril — muito chão para a Amazon desistir de um recurso pelo qual as pessoas realmente vão atrás.