Quando a Amazon lançou seu novo Kindle Oasis no ano passado, nós dissemos que ele era o melhor ereader de todos os tempos. Mas US$ 250 (ou R$ 999 aqui no Brasil, em promoção) é muito dinheiro para um aparelho que só faz uma coisa. Agora, a empresa também melhorou a outra ponta da sua linha de leitores digitais, com um novo Kindle Paperwhite que traz muitos dos recursos do Oasis por um preço bem mais acessível.

Aqueles que temem mudanças podem ficar tranquilos. Ao contrário do quadrado e assimétrico Oasis, o novo Paperwhite manteve um formato mais tradicional de livro. Ele vem com uma nova tela de plástico, que a Amazon afirma ser mais durável (e resistente a riscos) do que o velho painel de vidro, e com uma quinta luz de fundo LED, que deve entregar uma iluminação mais brilhante. O design fica completamente alinhado com as bordas do Kindle.

Além disso, o novo Paperwhite tem um corpo de plástico 10% mais fino e leve. Já a tela e-ink continua a mesma, com 6 polegadas e densidade de pixels de 300 ppi. Graças à nova resistência contra água IPX8, o Paperwhite de 2018 se junta ao Oasis como o outro Kindle que não tem medo de se molhar. Para quem gosta de ler na praia, a Amazon diz que ele consegue suportar até mesmo uma queda no oceano, desde que você o lave com água doce depois.

• 15 truques para você usar (de verdade) seu Kindle

Por dentro, o novo painel de início foi aprimorado com um novo sistema de cards capaz de sugerir livros e autores que você pode gostar, mostrar dicas ou curiosidades úteis ou mesmo exibir estatísticas sobre seus hábitos de leitura recentes. Para quem compartilha o Kindle com outras pessoas, ou para quem tem preferências de leitura variadas, o Paperwhite de 2018 traz novas configurações de fontes que permitem que você troque entre templates de usuários com apenas alguns toques.

Assim como o Oasis, o novo Paperwhite tem suporte a audiolivros da Audible, com conectividade com fones de ouvido Bluetooth, além de suporte ao Whispersync da Amazon, que permite alternar entre um ebook padrão e um audiolivro sem se perder. Para garantir espaço suficiente para ebooks e áudio, a capacidade básica do aparelho dobrou de 4 GB para 8 GB. Há também uma opção de 32 GB, que pode vir com ou sem conectividade 3G. Estranhamente, a Amazon decidiu permanecer com o microUSB para carregamento em vez de mudar para USB-C, o que mantém a consistência com o resto da linha Kindle.

Os executivos da Amazon não quiseram comentar sobre o que está acontecendo com o Voyage, já que seu estoque está cada vez menor —  na loja brasileira, ele nem aparece entre as opções de compra. Parece que o novo Paperwhite vai ocupar o espaço entre o Kindle básico e o Oasis.

Lá fora, o novo Kindle Paperwhite tem preços a partir de US$ 129 para o modelo de 8 GB na versão com propagandas ou US$ 159 para o modelo de 32 GB. As pré-vendas começam hoje e as entregas, em 7 de novembro.

Por aqui, a Amazon afirma que os dois modelos, de 8 GB e de 32 GB, estarão disponíveis no primeiro trimestre de 2019. Os preços ainda não foram divulgados. O modelo atual tem preço de tabela de R$ 479, mas frequentemente é visto em promoção por cerca de R$ 300. Junto com ele, chegará uma nova capa, que ativa o dispositivo ao ser aberta e desativa ao ser fechada.