Em março, o Google cortou drasticamente os preços do armazenamento no Drive. Este mês, a Apple anunciou o iCloud Drive, que promete oferecer planos bem competitivos. A Microsoft respondeu baixando o preço do OneDrive, combinando-o ao Office, e oferecendo mais espaço de graça.

Todas as mudanças a seguir começam a valer no mês que vem, inclusive para quem já assina planos do OneDrive ou Office.

Se você usa o plano gratuito do OneDrive, seu espaço vai aumentar para 15 GB, equiparando-se ao que o Google Drive oferece. Você ainda poderá ganhar mais 5 GB ao convidar amigos, e mais 3 GB para guardar as fotos do seu smartphone.

É curioso lembrar que, há alguns anos, a Microsoft oferecia 25 GB gratuitos em seu armazenamento na nuvem – então chamado SkyDrive – mas resolveu diminuir isso a 7 GB para novos usuários, porque muitos não usavam todo esse espaço.

O que mudou desde então? Ora, agora temos vários dispositivos para sincronizar arquivos, e você pode usar o OneDrive com eles – incluindo iOS, Android e Mac. Além disso, o novo CEO da Microsoft é especialista em serviços na nuvem, então um destaque maior ao OneDrive é mais do que esperado (e bem-vindo).

Planos pagos 70% mais baratos

Se você usa planos pagos, os preços vão cair: 100 GB custarão R$ 4,99 por mês (em vez de R$ 18,99) e 200 GB custarão R$ 9,99 por mês (em vez de R$ 27,99). É o mesmo que Google e Apple cobram, respectivamente.

Mas a Microsoft tem uma carta na manga para quem quer 1 TB de espaço: ao assinar o plano Office 365 Personal, você leva esse espaço na nuvem pagando R$ 17/mês. O Google cobra o mesmo valor apenas pelo armazenamento na nuvem.

O plano Office 365 Personal oferece Word, Excel, PowerPoint, OneNote e Outlook para Windows e Mac (mais Publisher e Access para PC); permite editar textos, planilhas e apresentações no iPad; e oferece 60 minutos no Skype para telefones de todo o mundo (incluindo fixos no Brasil).

O plano Office 365 Home, que permite usar os programas do pacote em até 5 computadores e até 5 tablets, custa R$ 21 mensais e também oferece 1 TB no OneDrive.

Agora que Microsoft, Google e Apple estão disputando mais ferozmente do que nunca o domínio do armazenamento na nuvem, fica a pergunta: como o Dropbox vai reagir? [OneDrive Blog via WPCentral]