No bonde do Android sempre cabe mais um. E, de forma meio inesperada pra gente, a LG anunciou seu smartphone top de linha para o natal: O Optimus One, que teve estreia mundial há poucas semanas e chega às lojas brasileiras hoje, feito no Brasil e rodando Android 2.2, a versão mais recente do sistema do Google. O aparelho é exclusividade da Vivo nessas primeiras semanas. E, no pós-pago "Smartphone 100" (mensalidade de R$ 111 em SP), sai por R$ 499. Parece um bom negócio. Vejamos:

Lembrando o líder dos Transformers, o Optimus One tem o nome mais sensacional dos Androids nacionais, mas fora isso ele não compete lá em cima com Galaxy S, Milestone 2 e Xperia X10 pela coroa de "melhor Android". A tela de 3.2” tem resolução relativamente baixa (320×480), há pouco espaço interno e a câmera tem 3.2 MP parece, bem, errada em um smartphone com um sistema tão sensacional. Todos esses downgrades foram feitos para diminuir o preço, e a própria LG diz que ele não está competindo com iPhone (e, por tabela, com os outros Androids caros). Mas, se o compararmos com outros Androids na mesma faixa de preço, ele, na primeira volta rápida, parece bem bacana. O processador de 600 Mhz segura bem e a tela entende bem o toque. 



Ao contrário da Claro, a Vivo não capou recursos ou aplicativos do sistema: Gmail, Google Talk, Mapas, Navegador e até Orkut já vêm pré-instalados. Com a exceção (bem-vinda) de botões fixos para discador, mensagens, contatos e navegador, não há nenhuma "skin" da LG por cima do Android 2.2, como a Motorola faz com o Motoblur. O que nós achamos ótimo, diga-se de passagem.

Especificações técnicas:
– Processador 600 MHz, 512 MB RAM
– Android 2.2 (Froyo)
– Display LCD capacitivo 3.2” HVGA (320×480)
– 3G, Wi-Fi, Blueotth
– A-GPS com Google Navegador pré-instalado
– Câmera 3.2 MegaPixels, vídeos VGA@18FPS
– Memória interna: 170 MB
– Cartão MicroSD de 2GB incluso, expansível até 32 GB
– Dimensões: 113.5 x 59 x 13.3 mm, 120 g
– Bateria 1500 mAh
– Rádio FM
– Preço: R$ 999
 

 

Teremos um vídeo mostrando um pouco mais dele logo mais.