Comprei um laptop novo para meu sobrinho. Simples, com Core i3, sem muitas firulas… mas com Windows 8. Felizmente, a Microsoft já atualizou o sistema duas vezes para resolver os maiores alvos de críticas. Infelizmente, instalar tudo isso é um exercício de paciência.

Sim, laptops são vendidos no Brasil com um sistema de dois anos atrás — e o Windows 8 mudou muito nesse período. Com a versão 8.1, ele ficou mais intuitivo (ou um pouco menos frustrante), com a volta do botão Iniciar, boot direto à área de trabalho, entre outros.

E o 8.1 Update facilitou o uso para quem está acostumado ao desktop e mouse: há botões Pesquisar e Liga/Desliga na tela Iniciar; apps Metro podem ser minimizados ou fechados com um clique, e aparecem na barra de tarefas; e por padrão, o Windows abre fotos, música e vídeo com aplicativos desktop, não com apps Metro — o que é um alívio.

Mas o processo de instalar tudo isso é decididamente cansativo. Eis os passos que eu e meu sobrinho precisamos seguir para ir do Windows 8 para o 8.1 Update:

  • abrir a Loja, clicar em “Windows 8.1” e receber o aviso de que antes é preciso instalar atualizações;
  • abrir o Windows Update e instalar atualizações;
  • ver o PC reiniciar e a instalação dos updates falhar por algum motivo;

IMG-20140522-WA0000

  • pesquisar na internet pela mensagem “Falha ao configurar as atualizações do Windows. Revertendo alterações” e descobrir que preciso reparar o Windows Update;
  • reparar o Windows Update para então baixar e instalar as atualizações de novo;

10412050_660828813997591_1006399515_o

  • voltar à Loja, clicar em Windows 8.1 e deixar baixando… o download é grande e a conexão de 1 Mbps do meu sobrinho (velocidade ainda bastante comum no Brasil) não ajuda;
  • deixar a Loja em modo snap na lateral, senão o Windows pode fechá-la se precisar de memória;

10376424_661067087307097_119971199_o

IMG-20140524-WA0000

  • ao terminar a instalação e reiniciar, ter uma sensação eternamente enganosa de que tudo está indo rápido: primeiro vem “instalando” que, quando chega a 100%, é seguido por “preparando os dispositivos”, que chega a 100% e depois mostra o vago “preparando-se”;

IMG-20140524-WA0002

  • acabou? Que nada: “aplicando configurações do PC”, que chega a 100% e leva você… ao aviso “instalando outros itens”. Mais um loading que precisa chegar aos 100%;

IMG-20140524-WA0003 IMG-20140524-WA0004

  • agora é a hora de definir as configurações, aceitar os termos de licença e… esperar o Windows terminar de instalar e configurar mais coisas;

IMG-20140524-WA0008

  • e… chegamos ao Windows 8.1 Update. Ufa!

O download do 8.1 Update começou às 12h50; a instalação começou só às 23h10 e terminou às 1h45 da manhã. Uma eternidade!

10381225_661094143971058_713568594_o

Mas espere: o Windows Update ainda terá mais uns 500 MB de atualizações para baixar. Por misericórdia, você pode deixar isso para depois: elas são aplicadas de forma automática e você terá até um dia para reiniciar.

Só que é muito trabalho, e são tantos obstáculos, que não me surpreendo em ouvir que a adoção do 8.1 foi bem baixa. A Microsoft acertou em colocar o 8.1 Update no Windows Update, só que isso não vale para quem ainda está no Windows 8: você precisa ir à Loja, algo que um leigo talvez nunca faça por livre e espontânea vontade.

A Microsoft consertou muitos problemas do Windows 8, só que o caminho para obter uma versão melhorada ainda é tortuoso. Para muitos, talvez seja mais fácil só instalar um Windows 7 direto do DVD e evitar toda essa dor de cabeça. O que é uma pena, pois o Windows 8 recebeu várias melhorias — no desempenho e interface — inclusive no desktop.

Agora resta esperar pela volta do menu Iniciar, possivelmente em agosto. Aí teremos mais uma instalação para nos preocupar…