Depois de atrasos e adiamentos, a Samsung está prestes a lançar o Galaxy Fold, seu primeiro smartphone dobrável. E parece que a fabricante já está planejando um segundo modelo, como aponta uma reportagem da Bloomberg.

O novo dispositivo seria revelado no começo do ano que vem, teria um formato compacto que lembraria os telefones flip (como o novo V3 prometido pela Motorola) e seria mais barato do que o Fold.

A reportagem, citando pessoas ligadas ao desenvolvimento de produtos, diz que o novo aparelho teria tela de 6,7 polegadas dobrável para se tornar um quadrado pequeno o suficiente para caber no bolso. A ideia é que ele seja mais fino do que o Galaxy Fold.

O designer de moda americano Thom Browne está envolvido com o projeto e a Samsung está mirando num público mais preocupado com moda, estilo e luxo em vez de consumidores antenados apenas nas especificações técnicas.

O novo smartphone dobrável deve contar com um buraquinho na tela para a câmera de selfies, no mesmo estilo do Galaxy Note 10. O projeto também inclui duas câmeras na parte de fora, que ficam na frente quando o celular está fechado e vão para a traseira quando for aberto.

Apesar dos planos, o lançamento do modelo vai depender do sucesso do Galaxy Fold.

Celulares dobráveis parecem perto dos consumidores, mas já sofreram alguns reveses. Samsung e Huawei adiaram o lançamento de seus dispositivos, o Royole FlexPai não convenceu ninguém e outras marcas chinesas como a Xiaomi afirmam estar trabalhando em dispositivos como esses.