Há cerca de um mês, surgiram detalhes de um novo tablet da Samsung com tela AMOLED. Seria o primeiro da empresa desde 2011 a usar essa tecnologia, e ele foi oficialmente revelado: conheça o Galaxy Tab S.

O novo Tab S vem em modelos de 10,5 e 8,4 polegadas com telas Super AMOLED e resolução 2560 x 1600 pixels. No evento de lançamento, a Samsung passou a maior parte falando sobre as cores mais saturadas e vibrantes da tela, em relação às tecnologias LCD LED (vista no Xperia Z2) e TFT (do Galaxy Tab 4).

galaxy tab s (2)galaxy tab s (8)

O tablet tem processador Snapdragon 800 quad-core ou Exynos 5 octo-core, dependendo do país. Ele traz 3 GB de RAM e 16 GB de espaço interno, mais suporte a cartões microSD de até 128GB.

Nos dois modelos, há uma câmera traseira de 8 megapixels com flash LED, mais uma câmera frontal de 2,1 MP que grava em Full-HD. A bateria é de 7.900 mAh no modelo maior, e 4.900 mAh na versão menor.

Os dois modelos do Tab S são extremamente finos, com apenas 6,6 mm de espessura – só não são mais esbeltos que o Xperia Z2. Eles pesam 465 gramas (versão de 10,5″) e 294 gramas (8,4″). As bordas imitam metal e têm cor dourada, algo que a Samsung diz dar uma “aura de luxo” – mas parece um pouco brega.

A Samsung também vai oferecer um teclado Bluetooth, e capas superfinas que se prendem magneticamente à traseira do tablet, mais ou menos como no iPad. Ah, a traseira tem aquelas covinhas do Galaxy S5. E assim como o S5, o Tab S tem um leitor de impressão digital no botão Home, que consegue guardar cópias para até oito usuários diferentes.

galaxy tab s (3)galaxy tab s (7)

O tablet roda Android 4.4 KitKat com a nova TouchWiz mais flat, e tem suporte a multitarefa com até dois apps lado a lado. E com o SideSync 3.0, é possível conectar o tablet a um Galaxy S5 via Wi-Fi Direct: dessa forma, você pode receber ligações no Tab S, e acessar todos os apps do smartphone – cuja tela é espelhada. Dá até para mover arquivos entre um dispositivo e outro dessa forma.

E graças à tela AMOLED, que basicamente desliga pixels para exibir a cor preta, o Tab S conta com o recurso Ultra-Power Saving Mode. Ele deixa a tela em preto e branco e desliga quase todas as funções para economizar bateria: você pode receber ligações/SMS e usar alguns apps, e nada mais. Com isso, 10% de bateria podem durar quase um dia inteiro.

galaxy tab s (10)

A Samsung também vai oferecer conteúdo de graça: quadrinhos da Marvel Comics por três meses, um livro de graça por mês na Amazon, o filme Gravidade de graça no Google Play, entre outros – a lista é enorme.

O Tab S estará disponível em julho nos EUA. O modelo de 10,5 polegadas custará US$ 499, enquanto o de 8,4 polegadas sai por US$ 399. Trata-se das versões Wi-Fi; modelos 4G serão lançados depois.

Hands-on

galaxy tab s (6)

Passei algum tempo testando as duas versões do Tab S, e a primeira impressão foi ótima. Ao segurar o tablet, ele parece ser muito mais fino do que é.

E como prometido pela Samsung, a tela Super AMOLED é impressionante, com alto contraste e saturação profunda de cor. Eu vi algumas cenas de natureza e, sem dúvida, as imagens são um espetáculo.

Além disso, apesar da alta resolução de tela, o tablet não apresentou qualquer lag enquanto eu navegava pela internet ou folheava uma revista. No ano passado, ao testar o novo Galaxy Note 10.1, havia um lag perceptível – provavelmente devido à alta resolução. É bom ver que a Samsung, aparentemente, conseguiu resolver isto; mas saberemos ao certo com um review completo.

galaxy tab s (4)

galaxy tab s (9)

Fotos por Nick Stango