Quando se fala em criar um smartphone com boa autonomia de bateria, é fácil fazer algum trambolho, como a Energizer fez com o gigantesco P18K POP. Mas, para as pessoas que não gostam de carregar um tijolo, agora existe uma alternativa no Doogee N100.

Embora o N100 tenha sido anunciado no ano passado, ele só estava disponível em números muito limitados como parte de uma campanha de pré-venda até recentemente. E mesmo que o N100 tenha apenas uma bateria de 10.000 mAh (em comparação com a bateria de 20.000 mAh do P18K), ainda é o dobro da capacidade da bateria no Galaxy S20 Ultra (5.000 mAh).



Ainda que o Galaxy S20 Ultra tenha duração de 14 horas e 41 minutos em nosso teste de vídeo,  o N100 conta com o dobro de capacidade de bateria, um processador com muito menos consumo de energia e uma tela menor; por isso, eu não ficaria surpreso se o N100 pudesse sobreviver três ou quatro dias de uso regular.

Pelo lado positivo, ao contrário do robusto Energizer P18K Pop, o N100 parece esplêndido. Medindo apenas 0,31 polegadas (cerca de 0.8 cm) de espessura e pesando 266 gramas, você não deve ter grandes problemas para carregá-lo por aí. E talvez a cereja do bolo disso tudo é que ele custa apenas US$ 140.

Smartphone DooGee na virtual
Crédito: Doogee

Dito isto, se você estiver procurando especificações atualizadas ou de velocidades, não as encontrará aqui, pois o N100 vem pré-instalado com o Android 9,  possui o chip MediaTek Helio P23 (anunciado em 2017) e 4 GB de RAM. O N100 também conta com 64 GB de armazenamento, o que é decente, e uma tela FHD de 5,99 polegadas, mas nenhum desses itens é tão empolgante.

Quando se trata de carregamento, a Doogee usa o seu carregador de 24 watts, que leva 3,5 horas para uma carga completa, portanto não é exatamente rápido. No entanto, você obtém suporte para carregamento reverso via cabo, transformando efetivamente o N100 em uma bateria interessante, ainda mais por suportar carregamento sem fio integrado Qi.

DooGee N100 carregando sem fioCrédito: Doogee

Por fim, o N100 conta com uma câmera principal de 21 MP e um sensor wide de 8 MP, além de uma traseira de couro, que é algo que eu gostaria de ver em mais telefones.

Pessoalmente, o N100 não é um aparelho que eu gostaria de usar no dia a dia, mas com preço de US$ 140 e uma bateria gigante, pode ser bom andar por aí com ele, seja para uso pessoal ou para carregar seus outros gadgets.