O Snapchat, febre entre os jovens, é um app que permite enviar fotos e vídeos que desaparecem após alguns segundos. Ele tem 100 milhões de usuários ativos todo dia, e é avaliado atualmente em até US$ 19 bilhões. E ele recebeu uma atualização que agradou algumas pessoas, e aborreceu outras.

Até então, para visualizar os snaps, você tinha que segurar o dedo na tela; agora, basta tocar neles. Claro que isso irritou diversos usuários:

https://twitter.com/jujucollares/status/616363783645233153

https://twitter.com/_luchezzi/status/616405225465872384

De acordo com o Fusion, o problema não é apenas que os usuários terão que se reacostumar: é que o “toque para visualizar” facilita na hora de tirar capturas de tela. Eles explicam:

O sistema antigo do Snapchat exigia que o usuário segurasse um dedo na tela para ler a história de um amigo… Mas com o aplicativo atualizado, isso não é necessário, o que libera a mão para tirar uma screenshot… o que potencialmente leva a mais fotos feitas para serem temporárias a se tornarem permanentes.

Para quem gosta de tirar prints, isso é uma bênção:

https://twitter.com/estelaslapelis/status/616453840053927936

Apesar de o Snapchat avisar quando um usuário tira screenshot da tela, o serviço alerta que não tem como proteger suas fotos. A política de privacidade diz o seguinte:

… você deve compreender que os usuários que veem as suas mensagens sempre podem salvá-las, seja tirando um screenshot ou usando outra tecnologia de captura de imagem, seja por software ou até mesmo com algo tão antiquado quanto uma câmera… o mesmo senso comum que se aplica à internet em geral se aplica ao Snapchat também: não envie mensagens que você não queira que alguém salve ou compartilhe.

A atualização é um sinal de que o app está amadurecendo e querendo se tornar amigável para mais usuários – nem todo mundo entendia de cara a necessidade de segurar a foto ou vídeo para conseguir visualizá-la. Várias pessoas gostaram da mudança, aliás:

https://twitter.com/martinssmanu/status/616583719600713728

O Snapchat já arrecadou US$ 1,2 bilhão de investidores e precisa devolver esse dinheiro no futuro, preferencialmente com lucro. Por isso, não é surpresa que eles queiram chegar a mais pessoas. Para ganhar dinheiro, a rede social está exibindo anúncios na seção Histórias; tem uma seção Discover com notícias formatadas para o app; e até permite enviar e receber dinheiro nos EUA.

O Facebook ofereceu US$ 3 bilhões pelo Snapchat em 2013, mas a oferta foi recusada. Desde então, a rede social lançou três concorrentes para o app – Poke, Slingshot e Bolt – mas nenhum vingou. Agora, eles estão testando recursos parecidos com o Snapchat no editor de fotos.

Mais novidades

Há outras novidades nesta atualização do Snapchat: agora você pode adicionar pessoas que estão próximas, sem perguntar o nome de usuário. Para isso, é preciso ir em “Adicionar amigos” e depois tocar em “Adicionar por proximidade”; seus amigos precisam fazer o mesmo.

Snapchat - adicionar amigos

Para adicionar amigos, também é possível compartilhar seu Snapcode, um código QR com o logotipo do app.

Antes, você tinha que mirar a câmera no código do seu amigo para adicioná-lo desta forma; agora, basta salvá-lo em uma imagem e abri-la em “Adicionar amigos” > “Adicionar por Snapcode”. Também é possível colocar uma selfie nesse Snapcode.

Snapchat - dois fatores

Por fim, o Snapchat agora tem autenticação por dois fatores: ou seja, para fazer login em um novo dispositivo, você precisará de sua senha e de um código numérico enviado por SMS. Desta forma, se alguém roubar sua senha, não terá acesso à sua conta. É importante ativar isto: lembra quando hackers vazaram login e celular de 4,6 milhões de usuários?

Você usa o Snapchat? Você entende o Snapchat? Conte para a gente nos comentários abaixo. [Snapchat Blog via Fusion]

Foto por AdamPrzezdziek/Flickr