O Galaxy Fold, que começou a ser vendido recentemente no Brasil, foi o aparelho pioneiro da Samsung no ramo de dobráveis. Agora temos mais detalhes sobre o segundo dispositivo da companhia, chamado de Galaxy Z Flip, graças a um vazamento semanas antes do seu possível lançamento.

As informações foram noticiadas primeiro pelo blog alemão Winfuture.de. O texto traz basicamente tudo que você tem curiosidade sobre o Galaxy Z Flip, inclusive especificações e recursos. Tudo isso baseado em imagens que parecem bastante legítimas.

Com uma tela de 6,7 polegadas (de resolução de 2636 x 1080 pixels) com uma proporção 22:9, o Z Flip será o segundo smartphone com tela flexível a contar com um design que remonta a uma época em que os telefones flip dominavam — um salve para o saudoso V3, da Motorola.

No entanto, a grande diferença entre o Moto Razr e o Z Flip é que o vazamento do WinFuture parece confirmar que a tela flexível da Samsung virá com “ultra thin glass”, ou vidro ultra-fino, que deve oferecer uma proteção muito melhor contra o desgaste diário.

Galaxy Z Flip abertoCrédito: Winfuture.de

Como visto em imagens vazadas, o Galaxy Z Flip possui uma câmera selfie bacana com resolução de 10 MP. A tela é compatível com vídeo HDR10+. Além disso, na parte externa do telefone, a Samsung incluiu um pequeno monitor externo de 1,06 polegada coberto por Gorilla Glass 6, que pode ser usado para tarefas simples, como verificar a hora ou as notificações.

O WinFuture.de também afirma que o Z Flip terá uma dobradiça que pode ser aberta livremente entre 70 e 110 graus, mas também será capaz de permanecer aberta em uma posição em forma de L de 90 graus quando deixada em uma mesa.

Quanto às especificações, parece que o Z Flip virá com um chip Qualcomm Snapdragon 855+ em vez do Snapdragon 865 mais novo (que provavelmente estará no Galaxy S20), um sensor de impressão digital na lateral, 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento. Por dentro, embora a bateria de 3.300 mAh do Z Flip possa parecer pequena em comparação com outros telefones Android, ainda é significantemente maior que a bateria de 2.510 mAh do Moto Razr.

O Z Flip parece contar apenas com duas câmeras traseiras, deixando de lado o “novo normal” que é o conjunto triplo de lentes e sensores. Ele tem um sensor principal de 12 MP e uma câmera grande angular de 12 MP. Infelizmente, parece que quem esperava um slot para cartão microSD ou entrada para fone de ouvido no Z Flip vai ficar decepcionado, pois nenhum desses recursos estará presente.

Com base nas fotos divulgadas, parece que o Z Filp virá em duas cores: preto e roxo. No entanto, existem alguns detalhes importantes que o WinFuture não obteve, como o preço sugerido e a data de lançamento. Há rumores de que o Z Flip possa estar disponível para pré-venda já em 14 de fevereiro, com um preço entre US$ 1.000 e US$ 1.500.

É importante observar que essas informações não foram oficialmente confirmadas pela Samsung, mas o sólido histórico do Winfuture em vazamentos anteriores, combinado com todos os detalhes e renderizações de alta qualidade, confere muita credibilidade às informações dele.

Agora, a verdadeira questão para a Samsung: após o Galaxy Fold, o Z Flip tem o que é preciso para convencer os céticos de telefones dobráveis de que o recurso é um diferencial em relação a um de seus concorrentes mais tradicionais?

Devemos ter mais informações em algumas semanas, quando a Samsung realizará o evento Galaxy Unpacked 2020 em 11 de fevereiro. A marca provavelmente dará mais detalhes sobre o Galaxy Z Flip.