Sessenta anos após seu pai fazer o primeiro voo suborbital da NASA início da era espacial, a primogênita do astronauta norte-americano Alan Shepard fez neste mês um passeio até o espaço a bordo do foguete Blue Origin, de Jeff Bezos.

Além da homenagem ao pai, um detalhe encantou os fãs do seriado Star Trek.

Homenagem a Dr. Spock

Laura Shepard Churchley, de 74 anos, que era estudante na época em que seu pai voou pela primeira vez para o espaço, levou junto para o espaço o colar do Dr. Spock, de “Jornada nas Estrelas” (Star Trek), como forma de homenagem não só ao icônico personagem, mas também ao ator Leonard Nimoy que o interpretou e morreu em 2015.

Alan Shepard foi o primeiro norte-americano a ir ao espaço em 1961 na missão Mercury-Redstone 3. Dez anos depois, se tornou a quinta pessoa a pisar na superfície da Lua durante a missão da Apollo 14.

O pingente tem aquele gesto característico do Dr. Spock com a mão que separa dois dedos de cada lado e foi ao ar primeira vez em 1967. Era uma forma de saudação dos vulcanianos, que quer dizer “vida longa e próspera!”

O símbolo usado quer dizer que cada um de nós leve uma vida longa e saudável, com uma visão de futuro de paz, tolerância e unidade. A Blue Origin postou a homenagem e reforçou a mensagem do pingente.

Churchley embarcou com mais 5 passageiros a bordo da nave New Shepard, da Blue Origin, que decolou nas redondezas da cidade de Van Horn, no oeste do Texas no sábado (11).

Assine a newsletter do Gizmodo

A cápsula da tripulação foi carregada no topo da nave totalmente autônoma de seis andares de altura e separada do foguete impulsionador enquanto subia a uma altitude de cerca de 350 mil pés (106 km), antes de cair de volta à Terra, descendo sob uma cobertura de pára-quedas para o solo do deserto para um pouso seguro.

Todo o voo, da decolagem ao toque no solo no retorno, durou pouco mais de 10 minutos, com a tripulação experimentando alguns minutos de ausência de gravidade no ápice do voo suborbital.

“Não há dúvida de que meu pai estava extremamente orgulhoso do fato de ter inspirado gerações de astronautas, cientistas e engenheiros para carreiras em tecnologia e exploração espacial. Tenho certeza que ele teria aproveitado esta oportunidade para espalhar uma mensagem duradoura de esperança e inspiração para todos viverem por muito tempo e prosperarem.” (Julie Nimoy, filha de Leonard Nimoy, o Dr. Spock)