Na hora de escolher por qual caminho seguir viagem, geralmente levamos em conta o tempo, a distância, as condições da estrada e o preço total a ser pago em pedágio. Esse último item, no entanto, era meio difícil de prever. Ao mesmo tempo, é importante: como saber se vale a pena pegar um caminho mais rápido ou mais curto sem saber quanto você precisará pagar? Isso deve mudar em breve, já que o Waze lançou no Brasil o recurso de calculadora de pedágios.

Até agora, o aplicativo apenas indicava se havia ou não pedágios — o que, convenhamos, era uma informação bem pouco relevante. Para ir a uma cidade que frequentemente visito na divisa de São Paulo com Minas Gerais, todos os caminhos têm pedágios. Em um deles, só há uma praça de cobrança; em outro, há quatro, e todas as cobranças são bem caras. Saber só que tem pedágio no caminho não significava nada nesse caso.



Com a novidade, ao inserir um destino no app, o usuário verá o valor total a ser gasto em pedágios quando escolher uma das rotas sugeridas.

De acordo com o comunicado enviado pelo Waze, “a colaboração da comunidade brasileira foi essencial, já que eles ficaram encarregados de coletar e inserir informações sobre preços de pedágio”.

O recurso ainda não está disponível no meu app, mas acredito que essa atualização de preços ele funcionará de forma parecida com a que já ocorre nos postos de gasolina: quando o app está aberto e você entra com seu carro em um, ele pede para você inserir os preços.

Segundo a empresa, será possível informar ao app se seu carro conta com um daqueles adesivos de cobrança automática. O app é “compatível com faixas exclusivas”, diz o comunicado, o que sugere que ele indicará em que pista ficar para passar direto pelo pedágio, caso você tenha um serviço desses.

A funcionalidade, que foi lançada em julho nos EUA e no Canadá, começará a ser disponibilizada hoje no Brasil e será distribuída aos poucos para todos os usuários do País.