Ciência

Abacaxi custa R$ 2 mil na Califórnia; entenda o porquê

A loja de produtos agrícolas Melissa's Produce produziu uma edição limitada do abacaxi Rubyglow; saiba mais dessa iguaria
Imagem: Divulgação/Del Monte Foods

A loja de produtos agrícolas Melissa’s Produce, em Vernon, na Califórnia, Estados Unidos, está vendendo um abacaxi por US$ 395 (mais de R$ 2 mil). O motivo? A fruta Rubyglow é uma edição limitada, com apenas alguns milhares produzidos por ano, segundo o canal de televisão local KTLA.

whatsapp invite banner

CELULAR 5G POR MENOS DE MIL
Moto G34 5G 8GB RAM Boost* 128GB
R$ 939

O “grande diferencial” do alimento é seu tom rubi do lado externo, com o interior amarelo e bem doce, vendido sem coroa. A raridade foi criada na Costa Rica após 16 anos de pesquisas, usando técnicas tradicionais de cruzamento. Porém, até então só estava disponível na China, antes de a atacadista Del Monte Foods decidir expandir para os EUA.

De acordo com a estrategista de produtos do Rabobank, Cindy van Rijswick, à CNN, “os consumidores estão dispostos a pagar por algo que é especial”. Segundo ela, nesses casos, há sempre um pequeno mercado para restaurantes sofisticados, ou gourmets, ou certos canais online”, disse ela.

Investimento deu certo

De fato, o investimento rendeu alguns frutos. O Robert Schueller, diretor de relações públicas da Melissa’s Produce, Robert Schueller, disse que a loja vendeu cerca de metade dos 50 abacaxis em um mês, inclusive para restaurantes em Las Vegas e no sul da Califórnia.

Para promover a criação, eles também contaram com influenciadores gastronômicos, como o chef Bo Corley, que considerou a fruta “absolutamente deliciosa”, embora não acredite que ela valha o alto investimento. “Há quase um gosto amargo quando você come muito abacaxi. Você não tem isso com o Rubyglow”, explicou.

Nos últimos anos, o mercado de frutas viu surgir novidades como as maçãs Honeycrisp, as uvas Cotton Candy, as laranjas Sumo Citrus e os morangos da Oishi. Além disso, a própria Del Monte também criou o abacaxi rosa Pinkglow – com um preço inicial muito mais baixo que o da fruta vermelha: US$ 50.

Leia também no Giz Brasil: Vender carne cultivada vira crime no Alabama e na Flórida.

O Giz Brasil pode ganhar comissão sobre as vendas. Os preços são obtidos automaticamente por meio de uma API e podem estar defasados em relação à Amazon.
Isabela Oliveira

Isabela Oliveira

Jornalista formada pela Unesp. Com passagem pelo site de turismo Mundo Viajar, já escreveu sobre cultura, celebridades, meio ambiente e de tudo um pouco. É entusiasta de moda, música e temas relacionados à mulher.

fique por dentro
das novidades giz Inscreva-se agora para receber em primeira mão todas as notícias sobre tecnologia, ciência e cultura, reviews e comparativos exclusivos de produtos, além de descontos imperdíveis em ofertas exclusivas