Neste fim de semana, a Blue Origin – fundada por Jeff Bezos, da Amazon – lançou seu veículo espacial e conseguiu, pela terceira vez, recuperá-lo após um pouso bem-sucedido.

O New Shepard consiste em um foguete e uma cápsula de tripulação. Ele alcançou uma altitude de 103 km e então desligou seus motores.

Durante a queda, a uma altitude de 1,1 km, a seção BT-3 foi reinicializada e começou sua descida controlada até o pouso.

blue origin new shepard (3)

A missão levou dois experimentos de microgravidade rumo ao espaço: uma caixa de rochas para analisar a forma como as superfícies dos asteroides se comportam; e uma caixa de poeira com uma bolinha, para ajudar cientistas a entender como funcionam os impactos em baixa gravidade.

A cápsula da tripulação continha esses dois experimentos, mas estava sem pessoas. Ela voltou ao solo usando paraquedas de segurança, logo após o foguete pousar. A Blue Origin espera realizar testes de voo tripulados do New Shepard no ano que vem.

blue origin new shepard (4)

Bezos disse no Twitter que o lançamento foi acompanhado por drones, resultando no vídeo abaixo:

Em novembro de 2015, a Blue Origin conseguiu fazer sua primeira aterrissagem perfeita de foguete. Em janeiro, ela relançou o New Shepard e conseguiu aterrissá-lo com sucesso novamente.

Empresas espaciais como a SpaceX, de Elon Musk, se dedicam a criar foguetes reutilizáveis porque eles custam muito caro. Em dezembro, ela levou um foguete para a órbita da Terra e conseguiu pousá-lo com sucesso. Ele chegou a uma altitude de 160 km deixou satélites na órbita terrestre baixa.

A SpaceX quer levar cargas para o espaço, enquanto a Blue Origin planeja realizar turismo espacial enviando pessoas para a borda do espaço. Por isso, como explica o The Verge, é difícil fazer uma comparação direta entre as duas empresas:

O foguete Falcon 9 da SpaceX é feito para lançar satélites e cargas em órbita ao redor da Terra e além. É por isso que o foguete é tão fino e alto; isso cria menos arrasto no veículo, permitindo a ele sair da atmosfera com mais facilidade e ir mais fundo para o espaço. Mas esse formato também torna muito mais difícil para o foguete pousar na vertical de volta à Terra…

O New Shepard não pretende ir tão longe quanto o Falcon 9, o que é ecoado no formato do foguete. O veículo é concebido para levar pessoas ao espaço suborbital durante cerca de quatro minutos… Como o New Shepard não precisa ir para as mesmas alturas do Falcon 9, seu formato não precisa ser tão alto e fino.

blue origin new shepard (1)

O New Shepard atinge uma velocidade máxima de Mach 3 (3.700 m/h), enquanto a primeira fase do Falcon 9 atinge entre Mach 5,5 e Mach 7,5 (6.800 km/h e 8.600 km/h) antes de cair. A quantidade de empuxo para levantar o veículo fora da Terra também é diferente: 45 toneladas no caso do New Shepard; e 680 t no Falcon 9.

Ainda assim, a empresa espacial de Jeff Bezos está conseguindo avanços notáveis. Ela espera começar a levar passageiros ao espaço a partir de 2018.

Fotos por Blue Origin