Pesquisadores conseguiram plantar tomate, ervilhas e rabanetes no solo de Marte — e com a colheita veio a resposta para uma das grandes questões que temos sobre como cultivar plantas e frutas no espaço.

>>> Como fazer uma plantação em Marte melhor do que no filme “Perdido em Marte”
>>> Nós finalmente sabemos o que aconteceu com a água em Marte

Desde 2014, pesquisadores da Universidade Wageningen, na Holanda, liderados pelo ecologista Wieger Wamelink, têm testado o cultivo de vegetais em uma simulação de solo que a NASA mantém do ambiente de Marte e da Lua. Eles tiveram sucesso ao germinar mudas nos dois tipos de solo. No entanto, eles conseguiram algo maior.

Tomates, ervilhas, centeio, rúcula, rabanetes e agrião cresceram nos dois ambientes — e teve uma pequena supresa em uma das culturas. Os vegetais cultivados no solo de Marte tinha exatamente o mesmo tamanho dos cultivados na Terra, e quase não havia diferenças em biomassa por data de colheita, segundo Wamelink.

comparativo-ervilhas

Comparativo de ervilhas cultivadas na Lua (primeira da esq. para direita), Marte e Terra. Crédito: Wieger Wamelink

É claro, mesmo com uma colheita bem sucedida no solo de Marte, há ainda uma série de obstáculos para plantar na superfície do planeta vermelho. E eles não são relacionados apenas aos aspectos técnicos, orçamentários e de tempo que uma missão ficará por lá, mas também questões simples relacionadas a meios para manter a colheita. O jardineiro de Marte necessitará, por exemplo, água limpa, fontes de luz confiáveis (talvez, algo parecido com uma estufa) e um grande espaço fechado — nenhum desses itens será fácil.

Este experimento nos mostra que resolver todos esses problemas valem o esforço. Pois, quando formos plantar, sabemos que há solo onde os vegetais podem crescer, e o resultado será bem parecido com o que temos na Terra. Há ainda uma outra grande questão a ser respondida sobre esses vegetais marcianos: qual o gosto deles? Infelizmente, o mistério de como o seco solo de Marte influencia o sabor dos vegetais ainda vai continuar por um bom tempo.

tomate-marte

Tomates cultivados em solo marciano. Crédito: Wieger Wamelink

“Nós mantivemos plantações de vários vegetais, porém nós ainda não os provamos”, disse Wamelink ao Gizmodo. “Nós ainda precisamos ter certeza que é seguro comer. O solo contém metais pesados, que podem estar incorporados aos vegetais. Em um novo experimento que faremos, vamos avaliar o valor nutricional e se é seguro comê-los.”

Como eles ainda nem fizeram os testes de metais pesados e assumindo que estará tudo certo, Wamelink nos disse que o passo seguinte é provar os vegetais. Por enquanto, está mais para uma questão de sobrevivência que de gosto.

Foto do topo: Concepção artística de astronautas em Marte. Crédito: NASA/JPL-Caltech