Você faz exercícios, dieta, e mesmo assim não consegue perder peso? Talvez seu sono esteja influenciando nesse processo.

Pesquisadores da Universidade de Chicago, nos EUA, mostraram que dormir mais leva a pessoa a ingerir menos calorias durante o dia, o que pode ser positivo para aqueles que querem emagrecer.

Para chegar a tal conclusão, os cientistas realizaram um ensaio clínico com 80 adultos jovens acima do peso. Todos os voluntários dormiam uma média de 6,5 horas por noite e passaram por uma reeducação para aumentar o tempo de sono. O objetivo era fazer com que o grupo passasse a dormir 8,5 horas por noite. 

Entre as dicas, foi aconselhada a diminuição do uso de telas, a não ingestão de bebidas alcoólicas antes de dormir, banhos quentes e relaxantes, entre outros fatores. A intervenção aumentou o tempo de sono dos voluntários em uma média de 1,2 horas.

O estudo durou quatro semanas. Nas duas primeiras, foram coletadas informações básicas sobre o sono do indivíduo e sua ingestão calórica. Depois, os participantes passavam por um monitoramento do sono, feito a partir de dispositivos vestíveis (como relógios) em suas próprias casas. Os voluntários também eram submetidos a exames de urina, capazes de dar resultados mais certeiros sobre a quantidade de caloria ingerida no dia. 

Os resultados foram comparados com um grupo controle, que não sofreu intervenção no sono. Aqueles que dormiram por mais tempo reduziram a ingestão calórica em uma média de 270 kcal (calorias) por dia. Alguns dos participantes chegaram a apresentar redução de até 500 kcal por dia. 

De acordo com os pesquisadores, se a média de redução diária permanecer estável por um período de três anos, o valor poderia ser traduzido em 12 kg. O estudo completo foi publicado na revista científica JAMA Internal Medicine.

A privação do sono parece aumentar os níveis de grelina no organismo, enquanto diminui a leptina. O primeiro é o hormônio responsável por estimular a sensação de fome, enquanto o segundo responde pela nossa saciedade. Este é um dos motivos que nos leva a ingerir mais calorias quando não dormimos por períodos de tempo adequados.

Ao mesmo tempo, temos os centros de recompensa do cérebro. Por não dormir bem, essa área fica mais ativada, aumentando o desejo por carboidratos e doces, por exemplo.

Por mais que o aumento das horas de sono pareça uma alternativa viável para a perda de peso, existem outros fatores que podem influenciar neste processo. Caso queira iniciar um processo de emagrecimento, procure um profissional da saúde.