Antes que o clássico livro de ficção científica de Frank Herbert voltasse à popularidade, graças à adaptação de Denis Villeneuve, “Duna” já havia conquistado a categoria de clássico total em outro meio: os videogames. Em “Dune II”, de 1992, foi o jogo que lançou as bases para a estratégia em tempo real.

“Dune II: The Building of a Dynasty” (ou Battle for Arrakis no Mega Drive), não pode ser necessariamente considerado o primeiro título de um gênero, mas foi ele que uniu e codificou muitos dos conceitos e elementos de um tipo de game que passaria a dominar a década: o RTS (Real Time Strategy, o jogo de estratégia em tempo real).

Foi graças a ele que games como Warcraft, Age of Empires e Command & Conquer — desenvolvido pelo mesmo estúdio do game de Duna, o Westwood Studios — tiveram seu lugar ao sol durante a década de 1990 e até meados dos anos 2000.

Agora, a Shiro Games lança “Dune: Spice Wars”, um jogo de estratégia 4X em tempo real (ou seja, com ênfase na construção e gestão de impérios no estilo “Civilization”) ambientado no universo criado por Herbert. Em um vídeo publicado que mostra a gameplay, podemos ver como Shiro visualizou o planeta deserto e como funcionará a gestão de tropas e assentamentos. Confira:

Ao contrário dos jogos RTS, “Dune: Spice Wars” tem jogadores lutando em um grande mapa, em vez de vários sites menores. Parece que os jogadores, desenvolvendo sua infraestrutura e comunidades, vivem e lutam no mundo habitável.

O vídeo aborda várias estratégias, como diplomacia, espionagem e conquista pela força. Também poderemos ver como são visualizados dois dos ícones absolutos da franquia: o pesadelo Barão Vladimir Harkonnen e os gigantes vermes da areia que povoam Arrakis. O jogador poderá jogar tanto como parte dos Atreides quanto dentro da casa Harkonnen. “Spice Wars” parece tirar muitos elementos dos livros, como a exploração do planeta por ornitópteros ou as mudanças repentinas no clima.

“Dune: Spice Wars” está programado para ser lançado nesta primavera no Steam no formato Early Access, com atualizações subsequentes adicionando modos multiplayer, mais facções e uma campanha completa para um jogador.

Enquanto isso, a Funcom, editora do jogo, continua trabalhando em outro título baseado no romance de Frank Herbert. Neste caso, trata-se de um jogo de sobrevivência multiplayer de mundo aberto, que está sendo desenvolvido tanto para PC quanto para consoles.