Confesso que escrevo esta notícia sem um pingo de surpresa, mas vamos lá: o Facebook, assim como fez com as funções do Snapchat e TikTok no Instagram, estaria desenvolvendo uma plataforma concorrente ao Clubhouse, a rede social de mensagens de áudio que é a queridinha do momento entre muitos usuários.

Duas fontes familiarizadas com o assunto disseram ao jornal The New York Times que o Facebook gostou da ideia do aplicativo e que já teria solicitado aos funcionários uma ferramenta similar. Só que o lançamento desse novo serviço (ou recurso) ainda deve demorar um tempo para acontecer, já que a ideia estaria em fase inicial de desenvolvimento — mais uma prova que o projeto quer aproveitar a popularidade do Clubhouse.

O jornal não cita se foi Mark Zuckerberg quem deu o pontapé inicial na criação desse novo produto. Mas o próprio CEO já aderiu ao Clubhouse e até participou de conversas sobre realidade aumentada e virtual. Logo, não é estranho imaginar que o executivo queira implementar uma opção idêntica ao rival dentro do Facebook.

Assine a newsletter do Gizmodo

E esse seria um diferencial em comparação ao Clubhouse. Além de ter milhões de usuários a mais, o Facebook pode ser acessado em múltiplos dispositivos e sistemas operacionais. O Clubhouse, em contrapartida, só está disponível para iOS e mediante convite de quem já participa do serviço. Além disso, o Facebook pode explorar a possível nova funcionalidade com outros apps que ficam sob o guarda-chuva da empresa, como o Instagram, Messenger e WhatsApp.

Menos surpreendente ainda seria se o Clubhouse fosse adquirido pelo Facebook, que tem o histórico de comprar concorrentes — como foi o caso do Instagram e do WhatsApp.

[The New York Times]