O metaverso é a próxima fronteira tecnológica — e, por isso, as grandes empresas estão apostando alto nele. Além de gerar novas experiências para os usuários, a expectativa é que o mundo virtual também traga novos empregos. Afinal, alguém precisa fazer esse mundo funcionar, não é mesmo?

O objetivo do metaverso é replicar o que fazemos no mundo real de forma 100% digital. Com a ajuda de avatares, humanos poderão aprender, comprar, trabalhar, socializar e se conectar com colegas de trabalho, amigos e familiares. E, por que não, também trabalhar — ou viver uma espécie de “extensão” do trabalho que já tem no mundo real.

Listamos abaixo algumas apostas de profissões que devem despontar no Metaverso nos próximos anos.

Cientista de pesquisa do metaverso

Para que usuários vivenciem um novo ambiente, é preciso, primeiro, que alguém o projete. Aí que entra a figura do cientista especializado em pesquisa do mundo virtual. Esses profissionais serão responsáveis por idealizar um espaço digital confiável acessível no mundo inteiro e que possa ser acionado digitalmente.

Desenvolvedor de ecossistemas

Como é de se imaginar, o desenvolvedor do metaverso será o grande responsável pela construção de um ecossistema imersivo em 3D. Ele coordenará o governo e parceiros para garantir que as funcionalidades são possíveis em grande escala. Ou seja, esse profissional será responsável também por desenvolver e validar leis e regulamentos — e garantir que eles façam sentido no mundo criado.

Gerente de segurança do mundo virtual

Com a quantidade e diversidades de sensores, fones de ouvidos e câmeras usados no metaverso, a quantidade de dados sobre indivíduos, produtos e organizações privadas e governamentais será enorme.É necessário atuar rapidamente em caso de problemas relacionados à segurança de sistemas.

Storyteller (contador de histórias)

O profissional será responsável pela projeção de missões imersivas, ou seja, a linha de experiência no metaverso. Isso envolve cenários, oportunidades de marketing para empresas e muito mais.

Especialista em bloqueio de anúncios

Isso já acontece e muito em diversos sites, e no mundo virtual não será diferente. A venda de anúncios existirá no metaverso. Por isso, os bloqueadores de anúncios serão necessários: os especialistas neles terão de pensar em como atacar anúncios embutidos no metaverso, impedindo que eles prejudiquem a experiência de usuários.

Leia também: Como são as leis trabalhistas dentro do metaverso?