O pessoal da NASA vai enviar uma espaçonave para o Sol e quer enviar um pedacinho de você com ela. Veja a seguir como colocar seu nome na lista definitiva de “fritura” espacial.

• NASA divulga local da atmosfera de Saturno onde a sonda Cassini caiu
• Proposta orçamentária de Trump encerraria suporte a um importante telescópio

Um chip de memória contendo uma lista dos nomes enviados será inserido na sonda espacial Parker Solar Probe, que está marcada para ser lançada do Centro Espacial Kennedy, da NASA, no ano que vem. Você pode ser incluído nessa viagem clicando aqui e enviar seu nome. Foram 30 segundos para eu fazer isso, e então a NASA me enviou esse belo certificado do qual agora eu posso me gabar para vocês.

Eba! Isso significa que as 13 letras que compõem minha identidade serão bombardeadas pelo calor intenso, os ventos solares e a radiação de alta energia do Sol, em algum momento entre dezembro de 2024 e o fim de 2025, quando a sonda provavelmente chegará a um fim flamejante. Nenhum humano poderá se juntar à sonda para a jornada, mas pelo menos nossos nomes poderão ser incinerados em vez da gente.

Essa oportunidade é tão empolgante que até mesmo o Capitão Kirk quer que você a aproveite.

A espaçonave, que ganhou seu nome em homenagem a Eugene Parker, astrofísico americano e um dos teóricos das tempestades solares, vai estudar o Sol bem detalhadamente.

Ainda que a ideia de queimar coisas no espaço possa parecer boba, um dos objetivos da missão é verificar como a energia e o calor se comportam na coroa solar, entender o que acelera as tempestades e partículas solares e os campos magnéticos do astro-rei.

Em seu voo mais próximo, a Parker estará a 8,5 raios solares (ou seja, 8,5 vezes o raio do Sol, ou 5,9 milhões de quilômetros) da superfície do Sol, conhecida como fotosfera. Isso é sete vezes mais perto do que o recorde de proximidade anterior, que pertence à espaçonave Helios 2, que chegou a 43 milhões de quilômetros do Sol em 1976.

A essa distância, a espaçonave estará exposta a temperaturas acima de 1.377ºC. A NASA vai equipar a sonda com um escudo de carbono de 11,4 centímetros de espessura, para proteger os componentes internos e o chip de memória contendo seu precioso nome. Durante seu voo mais próximo, a Parker estará a incríveis 700 mil quilômetros por hora.

A sonda será lançada a bordo de um foguete Delta IV-Heavy equipado com um estágio superior, entre 31 de julho e 19 de agosto deste ano. Ela voará em direção a Vênus, onde a espaçonave usará repetidas assistências gravitacionais — sete órbitas em sete anos — para chegar mais perto de seu destino, a coroa solar inferior do Sol (ou sua atmosfera).

O quão legal não seria ter seu nome nessa coisa? Os envios serão aceitos até 27 de abril, então não perca sua chance de ter seu nome lá: Mande Seu Nome Para o Sol.

[NASA]