Em outubro de 2017, o Nubank anunciou a chegada da NuConta. O produto se parece com uma conta corrente, mas não é bem assim: se trata de uma conta de pagamentos. O serviço não tem tarifas, nem para fazer transferências para outros bancos, e oferece um rendimento maior do que a poupança.

• Nubank agora tem “conta corrente” sem tarifas e opção de investimento digital
• Nubank quer conquistar os mais velhos com nova versão do aplicativo
• Como funciona a NuConta, “conta corrente” sem tarifas do Nubank

A proposta é bem atrativa e 1,5 milhão de clientes já estão cadastrados. Quase sete meses depois do anúncio oficial, a NuConta começa a ser disponibilizada para todos – antes, era preciso ter o cartão de crédito da empresa.

Ou seja, a partir desta quarta-feira (13), quem não é cliente do Nubank pode entrar no site da NuConta e solicitar a criação de uma conta. A liberação vai ser gradual, já que a lista de espera é grande.

A liberação vem pouco depois do lançamento da nova versão do aplicativo do Nubank. Com o novo visual, a companhia consegue “oferecer uma experiência customizada” mesmo para quem não tem o cartão de crédito.

A empresa afirma que os clientes já economizaram até R$ 300 milhões em taxas de manutenção e transferências. Cerca de R$ 4 bilhões já foram transacionados em NuContas.

Algumas funcionalidades têm sido incluídas aos poucos na NuConta, como o pagamento de boletos de contas de água, luz e telefone – ainda assim, não é possível fazer saques diretos, por exemplo. Por isso, é uma opção atrativa, mas que ainda não substitui por completo uma conta bancária tradicional. O Gizmodo Brasil já preparou um guia sobre a NuConta, que você pode conferir aqui.