A Marvel merece os parabéns por ter planejado boa parte de seu universo cinematográfico com bastante antecedência — plano este que deu bastante certo e rendeu bilhões de dólares à Casa das Ideias. Porém, nos últimos meses desde a pandemia, é inevitável que algumas coisas tenham mudado, certo? Pelo menos foi isso que o presidente Kevin Feige contou na recente estreia de Viúva Negra.

Em uma entrevista recente, Feige conta que tanto Viúva Negra como os próximos filmes da Marvel (Eternos e Shang-Chi) para este ano tiveram que ser adiados, mas as séries da Disney+ conseguiram ser lançadas de acordo com os planos iniciais. WandaVision, Falcão e o Soldado Invernal e Loki, por exemplo, deveriam intercalar as estreias no cinema.

Viúva Negra, longa que iniciaria a Fase 4 da Marvel, foi a única produção que mudou diretamente o rumo das coisas. Como conta Feige, há somente uma conexão relevante entre o filme e as séries. Foi feita uma referência que “originalmente deveria aparecer primeiro em Viúva Negra e depois em Falcão e Soldado Invernal. Por conta da pandemia, é a única coisa que mudamos na Fase 4″, explicou.

De acordo com a Vanity Fair, o easter egg em questão é a introdução da personagem Valentina Allegra de Fontaine, interpretada por Julia Louis-Dreyfus. Visto que os planos para a atriz ainda são um mistério para quem viu Falcão e Soldado Invernal, além de ela estar do lado de John Walker (o Agente Americano), acredita-se que esta aparição inusitada não teria grande impacto independentemente da ordem – ou seja, não importaria se ela aparecesse primeiro no filme do que na série.

Assine a newsletter do Gizmodo

Viúva Negra chega esta sexta-feira (9) na Disney+, via Premier Access, e já está em cartaz em algumas redes de cinema no Brasil.