O Windows Phone deve ganhar duas atualizações: ainda este ano, chega a GDR3 com algumas novidades incrementais, como fechar apps no menu de multitarefa. E ano que vem, enfim teremos o Windows Phone 8.1, com central de notificações e, de acordo com Paul Thurrott, suporte a telas de até 10 polegadas.

Sim, a atualização GDR3 levará o Windows Phone a phablets de 5 e 6 polegadas (como o Nokia 1520). Mas, de acordo com Thurrott, o WP8.1 vai ainda mais longe, trazendo suporte a telas de 7 a 10 polegadas – isso é território de tablet.

Faz sentido para a Microsoft levar seu OS móvel a dispositivos maiores, mas há uma questão em aberto: como fica o Windows RT? Todas as parceiras da Microsoft já desistiram dele, mas a empresa continua a apostar no Surface RT e Surface 2.

Aí a estratégia parece ficar mais interessante: segundo ZDNet e The Verge, a Microsoft se comprometeu a criar uma só app store para Windows e Windows Phone. É um sinal de que os dois sistemas vão se fundir. Vale lembrar que o Windows Phone 8 tem a mesma base (kernel) do Windows 8/RT; as APIs, no entanto, ainda são na maior parte diferentes.

Isso nos deixa com pelo menos dois cenários: Windows Phone e RT se fundirão em um sistema para tablets, deixando o W8 para computadores “de verdade”; ou o RT será meramente abandonado.

De qualquer forma, isso não é tudo o que esperamos para o WP8.1. Temos rumores de uma central de notificações, e a fonte de Thurrott indica que o botão Voltar pode desaparecer por “não fazer muito sentido” – de fato, ele funciona de forma menos consistente que no Android. (Nós acreditamos que o botão Home poderia ser usado para acessar a multitarefa, assim como em outras plataformas.)

O Windows Phone 8.1 “Blue” deve ser lançado no início de 2014. [WinSuperSite via The Verge]