A polícia de Nevada disse que prendeu um youtuber e seu amigo, ambos da Holanda, nesta semana, depois que a dupla supostamente desafiou os avisos e invadiu uma zona de segurança do governo perto da Área 51.

O Gabinete do Xerife do Condado de Nye disse, em um comunicado público, que dois cidadãos holandeses, o youtuber Ties Granzier, 20, e Govert Charles Wilhelmus Jacob Sweep, 21, foram presos nesta semana após invadir a área de segurança nacional de Nevada. O comunicado afirma qye os dois haviam dirigido cerca de cinco quilômetros na propriedade no momento da prisão.

Apesar de haver sinais que avisavam sobre invasão de propriedade, eles informaram às autoridades que queriam ter uma visão melhor das instalações, segundo a polícia. Granzier, que tem um canal no YouTube que leva seu primeiro nome e conta com mais de 730 mil seguidores, informou os policiais que ele era um youtuber, informou o escritório do xerife.

Depois que ambos permitiram uma busca por equipamentos de filmagem em seus veículos, os policiais descobriram as imagens que eles haviam gravado enquanto invadiam a propriedade restrita do governo.

As prisões acontecem apenas uma semana antes do malfadado evento-piada “Storm Area 51, They Can’t Stop All of Us” (algo como “ataque à área 51, eles não podem parar todos nós”) no Facebook. Ele se transformou em Alienstock, meio que um Woodstock da ufologia, de quatro dias. O novo evento, previsto para acontecer em Rachel, Nevada, possivelmente será cancelado.

O organizador original do evento — que vazou nesta semana por causa de preocupações de que a coisa toda virasse um Fyre Fest 2.0, já que Rachel não tem infra-estrutura para dar suporte a esse evento — já anunciou que um evento separado ocorrerá na semana que vem, dia 19 de setembro, no centro de Las Vegas.

No entanto, Connie West, proprietária do Little A’Le’Inn (um trocadilho com “inn”, pousada, e “alien”, sacou?) em Rachel, disse em uma entrevista esta semana que os planos para o festival original seguirão em frente. O BuzzFeed News citou o xerife do condado de Lincoln, Kerry Lee, dizendo que a área ainda espera que “várias pessoas” apareçam.

Em entrevista à KTNV Las Vegas, afiliada da ABC, concedida no Centro de Detenção do Condado de Nye, Sweep disse que ele e seu amigo youtuber tinham ciência do evento e que isso era parte do motivo pelo qual eles decidiram visitar a área. No entanto, Sweep observou que ele e Granzier “não tinham nenhuma intenção de atacar a área porque partiriam um dia antes do evento”.

Sweep disse à agência que ele e Granzier devem retornar à Holanda em 19 de setembro, acrescentando que ainda esperam visitar a Rota 66 e Los Angeles antes de voltarem para casa. Ele disse ainda que os dois “não querem passar todos os dias da viagem dos EUA na cadeia”. Um porta-voz do escritório do xerife disse ao Gizmodo que os dois ainda estavam sob custódia na quinta-feira (12).